Estudo alerta sobre fórmulas semi-hidrolisadas ou extensamente hidrolisadas

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

De acordo com a pesquisa, estes tipos de fórmulas não ajudam a prevenir alergias ou doenças autoimunes

Uma pesquisa publicada na revista científica British Medical Journal alerta sobre o uso das fórmulas semi-hidrolisadas e extensamente hidrolisadas. O estudo, feito com mais de 19 mil pessoas, descobriu que ao contrário do que a maioria dos profissionais de saúde acreditam, estas fórmulas não previnem alergias e nem doenças autoimunes em bebês que correm o risco de ter esta condição.

Assim, os pesquisadores se colocaram contrários às atuais recomendações dos profissionais de saúde e órgãos de saúde de oferecer as fórmulas semi-hidrolisadas e extensamente hidrolisadas para prevenir doenças alérgicas em bebês.

Cadastre-se

Caso seu bebê consuma uma dessas fórmulas, converse com seu pediatra sobre se ela é realmente necessária.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários