Fórmula para o bebê: 8 cuidados ao oferecer

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Esses cuidados ao oferecer a fórmula ajudam a estreitar ainda mais o vínculo entre mãe e bebê entre outros benefícios

Quando a amamentação não é possível, a fórmula é a alternativa. Ao oferecer a fórmula para seu bebê é essencial ter alguns cuidados que irão estreitar ainda mais o vínculo entre mãe e bebê, trabalhar a lateralidade do pequeno e prevenir a obesidade infantil. A seguir confira esses cuidados importantes:

Ofereça você a fórmula

Cadastre-se

É importante chegar o mais próximo possível do momento da amamentação, por isso é a mãe quem deve oferecer a fórmula sempre que possível. “Já que ela não pode oferecer o peito, oferece o toque, o estar junto, o pegar. A mãe para criança é como se fosse o planeta Terra, por isso sempre que conseguir deve oferecer a fórmula ao bebê, se ela delega essa tarefa realmente afeta o vínculo”, explica a pediatra Luciana Herrero, consultora internacional de amamentação pelo IBLCE/EUA (International Board of Lactation Consultant Examiners). Também é importante que a mãe procure ter o contato pele a pele com o bebê enquanto oferece a fórmula.

Olho no olho

Ao oferecer a fórmula, a troca de olhares entre a mãe e o bebê é essencial. “Ao dar a mamadeira tem que dar olhando no olho, tem que namorar o bebê”, observa Luciana Herrero.

Aumente ainda mais o vínculo

Bebês que consomem fórmula tendem a dormir mais. “Porém, é importante que a mãe não deixe o pequeno apenas no bercinho ou no Moisés, pois isto fará com que ele não seja muito estimulado”, conta Luciana Herrero.  A mãe pode ficar com o bebê no sling ou canguru a fim de estreitar o vínculo ainda mais. A shantala também é uma ótima alternativa para estimular o vínculo, saiba como fazê-la aqui.

Mude de lado

É interessante que ao oferecer a fórmula a mãe alterne o lado em que segura o pequeno, assim como ocorre no aleitamento materno em que a mãe costuma trocar de peito em cada mamada. “Segurar o bebê uma hora em cada braço irá estimular a lateralidade do bebê como ocorre na amamentação”, diz Luciana Herrero.

Opte pelo copinho ao invés da mamadeira

Procure oferecer a fórmula no copinho de amamentação ao invés da mamadeira. Nos casos das mães que intercalam a fórmula e a amamentação isto é especialmente importante. “Isto porque a mamadeira favorece o desmame”, conta Luciana Herrero.

A maneira como o bebê ingere a fórmula ou leite materno no copinho é similar à amamentação, já no caso da mamadeira o pequeno ingere os líquidos de forma mais fácil o que faz com que ele não queira mamar mais no peito.

Nos casos dos bebês que ingerem apenas a fórmula, o copinho continua sendo a melhor alternativa, pois ele contribui para o desenvolvimento orofacial do pequeno. Saiba como oferecer o copinho corretamente aqui. Porém, saiba que a melhor forma de oferecer a fórmula, especialmente para quem intercala leite materno e fórmula, é por meio da relactação. Entenda este método incrível aqui.

Fique atenta à quando o bebê estiver saciado

É importante ficar atenta à quando o bebê demonstra que está saciado com a fórmula. Oferecer mais fórmula quando o pequeno já ingeriu o suficiente favorece a obesidade infantil. “Quando o bebê desvia o olhar e abre a boca, na maioria das vezes quer dizer que ele não quer mais”, diz Luciana Herrero.

Cuidados no preparo da fórmula

Para misturar a fórmula, utilize água filtrada, preferencialmente fervida. Sobre as quantidades, é importante seguir o que é informado no rótulo e a orientação do pediatra.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários