Bebidas alcoólicas na gravidez

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba por que é importante evitar o consumo de bebidas alcoólicas na gravidez

Você adora aquele vinho tinto ou uma cervejinha de final de semana? Então, agora  é preciso parar com bebidas alcoólicas na gravidez. “O recomendável é evitar essas bebidas sempre”, conta o ginecologista obstetra Roberto Antonio de Araujo Costa, professor assistente da Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista – “Júlio de Mesquita Filho”.

O principal problema do consumo de álcool nesta fase é a Síndrome do Alcoolismo Fetal (SAF) que leva a alterações neurológicas e retardo do crescimento do feto. As bebidas chegam ao bebê por meio de trocas de nutrientes na placenta.

Cadastre-se

De acordo com a Organização Nacional da Síndrome do Alcoolismo Fetal dos Estados Unidos, não existe uma quantidade segura de álcool que pode ser consumida pelas gestantes. Ainda segundo a organização, cerca de 40 mil bebês são afetados todos os anos pela SAF, um em cada 100 pequenos.

Saiba quais outras bebidas e comidas evitar na gravidez nesta outra reportagem do portal BebêMamãe.com. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários