4 das 5 pomadas de amamentação mais usadas têm substância tóxica pro bebê

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Ainda de acordo com a pesquisa, as marcas que possuem a perigosa substância BHT não informam isso em seus rótulos

Amamentar proporciona uma série de benefícios para a mãe e o bebê. Porém, às vezes as mulheres podem enfrentar alguns problemas, especialmente devido à pega incorreta, o que causa lesões nos mamilos. Para lidar com isso as orientações são: ter a pega correta (saiba mais sobre o assunto aqui) e passar o próprio leite materno no seio ou uma pomada para amamentação.

Contudo, agora um novo estudo alerta para um risco de muitas pomadas para a amamentação que é pouco mencionado. A pesquisa coordenada pelo ginecologista e obstetra Corintio Mariani Neto, diretor da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia – FEBRASGO, alerta sobre a presença de uma substância perigosa para os bebês em muitas marcas de pomadas para amamentação a base de lanolina.

Cadastre-se

De acordo com o estudo, quatro das cinco principais marcas de pomadas a base de lanolina no Brasil possuem quantidades acima do recomendado de BHT. E pior, isto NÃO é informado nos rótulos dos produtos. Trata-se de algo muito perigoso, já que os bebês ao mamarem entram em contato com a pomada que está no seio e acabam ingerindo um pouco dela. “Estas pomadas são consideradas cosméticos pela Anvisa e por lei não precisam ter a análise da posologia dos produtos, só que não param para pensar que tem alguém ingerindo isso. As pessoas têm que saber o que estão colocando na boca de seus filhos e quem tem que fazer isso é a Anvisa”, explica Ricardo Franco, diretor geral da Lansinoh, única marca entre as cinco pomadas analisadas que não apresentou BHT em sua composição.

O BHT é uma substância que está presente em diversos produtos como a batata de saquinho, cereais, plástico e manteiga. O BHT, quando ingerido acima do recomendado, pode ser tóxico para o fígado e rins. Outros estudos também apontam que o BHT pode levar ao aumento do colesterol, dificultar a absorção das vitaminas D e A e até mesmo desencadear reações alérgicas, como urticária. Ainda há pesquisas que observaram aumento de tumores hepáticos em ratos em decorrência do BHT.  “O BHT é um derivado fenólico pertencente a um grupo químico com alto poder tóxico para os rins e fígado e as pessoas precisam ser informadas sobre esses e outros riscos”, alerta o ginecologista e obstetra Corintio Mariani Neto.

O estudo não divulgou quais as quatro marcas de pomadas que contam com BHT em sua composição. Foi mencionada apenas a marca que não possui o BHT na composição, a Lansinoh.  Agora, você deve estar imaginando: “como saber se a pomada que estou usando tem BHT ou não se não é informado no rótulo?”. De acordo com Corintio Mariani Neto, uma forma de saber isso é observar se no rótulo há a orientação de tirar a pomada antes de amamentar o bebê. Isto porque produtos à base de lanolina pura podem ser ingeridos pelo bebê sem problemas e por isso não é preciso retirar a pomada antes de amamentar. Já os produtos com BHT não podem ser ingeridos pelo bebê, por isso a recomendação de retirar a pomada antes das mamadas.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários