Conheça os 3 tipos de mamilos e veja quais podem dificultar amamentação

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba tudo sobre os mamilos normais, planos e invertidos e veja quais cuidados ter com cada um

Os mamilos são uma parte do nosso corpo que não costumamos prestar muita atenção, até que a mulher se torna mãe. Nesta fase os mamilos são essenciais para que a mãe consiga amamentar e quando eles apresentam problemas, a amamentação pode ficar mais difícil.

Saiba que existem três principais tipos de mamilos. Os mamilos normais, os invertidos e os planos. A seguir, vamos explicar um pouco sobre cada um e dizer como eles podem afetar a amamentação.

Cadastre-se

Mamilos normais

Os mamilos normais são aqueles que se sobressaem as aréolas. A maioria das mulheres possuem este tipo de mamilo e ele é o melhor tipo de mamilo para a amamentação. De modo que não proporciona qualquer dificuldade na hora de amamentar. Basta ter a pega correta na hora de oferecer os seios. Veja qual é a pega correta aqui.

Mamilos planos

O mamilo plano é aquele que não se sobressai a aréola. Mulheres com mamilos planos podem ter algumas dificuldades iniciais para amamentar. Isto porque ao começar a mamada o bebê costuma utilizar a língua para pressionar o mamilo contra o palato e assim fazer o leite escorrer. No caso do mamilo plano, o bebê tem dificuldade em fazer isso.

Apesar disso, os mamilos planos não são um empecilho para a amamentação. “Se conseguir fazer uma boa pega e o bebê abocanhar a aréola toda, conseguimos amamentar”, afirma a psicóloga perinatal e consultora em amamentação Bianca Balassiano, da Consultoria em Amamentação Posso Amamentar.

Algumas atitudes ajudam na amamentação, especialmente nos casos de mamilos planos. “Durante a gestação não há nada que possamos fazer. Porém, após o nascimento do bebê é importante iniciar a amamentação o quanto antes, pois na fase do colostro a mama está macia e flexível. Não ofereça chupeta, mamadeira ou outros bicos. Assim, o bebê consegue fazer a pega logo”, diz Bianca Balassiano.

Mamilos invertidos

Os mamilos invertidos são aqueles que estão virados para dentro dos seios e não para fora. Mulheres com mamilos invertidos podem ter algumas dificuldades iniciais para amamentar pelo mesmo motivo que as mulheres com mamilos planos: o bebê costuma utilizar a língua para pressionar o mamilo contra o palato e assim fazer o leite escorrer. No caso do mamilo invertido, o bebê tem dificuldade em fazer isso.

Contudo, isto não faz com que os mamilos invertidos sejam um empecilho para a amamentação.  “Assim como no caso do mamilo plano, se conseguir fazer uma boa pega e o bebê abocanhar a aréola toda, conseguimos amamentar”, afirma Bianca Balassiano.

No caso do mamilo invertido também é essencial iniciar a amamentação o quanto antes, pois na fase do colostro a mama está mais macia. Se você notar que sua aréola está rígida, retire um pouco de leite manualmente antes de oferecer o seio para seu bebê. “Também é importante não oferecer chupeta, mamadeira ou outros bicos. Assim, o bebê consegue fazer a pega logo”, diz Bianca Balassiano.

Caso ainda ocorram problemas na amamentação, é interessante buscar a ajuda de um consultor em amamentação ou de um médico.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários