Ex-BBB Adriana Sant’Anna desabafa sobre dificuldades em amamentar

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Instagram

“No começo, para mim amamentar foi desesperador”, disse a ex-BBB em depoimento no Instagram

A ex-BBB Adriana Sant’Anna tornou-se mãe do pequeno Rodrigo há quase um mês. Para ela, estes primeiros dias não foram fáceis, pois Adriana teve muitos problemas para amamentar seu bebê. A seguir, ela faz um desabafo emocionante sobre as dificuldades que enfrentou para amamentar nos primeiros dias de vida de seu bebê:

Sempre li que a AMAMENTAR era o momento mais pleno para uma mulher… NÃO!! Pra mim não foi!! Foi assustador, foi doloroso, sangrante… Resumindo: FOI DESESPERADOR!! Quando via Rodrigo dando sinais de que já queria mamar de novo, eu chorava, eu mordia o pano, eu gritava e pensava: ” Porque ninguém me falou dessa dor antes? ” Meu mamilo saiu o pedaço, ele mamava sangue enquanto eu chorava de soluçar… Pensava: “Não é justo meu Deus! ” Como vou dar mamar ao meu filho sofrendo de dor assim? Gente! Não é uma dorzinha, NÃO! Pensem na pior dor desse mundo? Agora tripliquem? E quadrupliquem que essa dor não tem descanso nem de 1 hora porque logo em seguida tem mais estimulo? Senhor! Eu rezava, me agarrava no terço e pedia forças pra Deus! Eu queria desistir… queria mesmo!! Eu já não estava vendo graça em nada porque era só dor o que eu sentia! Comprei todas pomadas possíveis, todas bombinhas elétricas e manuais que existem no mercado, tentei bico de silicone, conchas, mas o mamilo já estava aberto. (não eram rachaduras, era buraco MESMO ) Eram inúmeras “soluções” mas todas tentativas frustradas. Até que depois de chorar por mais de 20 dias, eu parei pra decidir se eu ia continuar sofrendo de dor ou ia desistir porque já não achava mais justo esse sofrimento todo!! (e continuo não achando. Acho que ninguém nessa vida merece passar por essa dor…). Mas surpreendentemente minha decisão foi continuar a amamentar! Eu pensei: “Se aguentei 20 dias de DORES INTERMINÁVEIS, porque não tentar esperar completar 1 mês pra ver se passa? ” ❤ E hoje com 29 dias, eu posso afirmar a vocês que estou começando a experimentar o prazer que tanto falavam da amamentação (dói um pouco ainda, mas nada se compara ao que já suportei )”.

Cadastre-se

Saiba que a dor durante a amamentação não é algo normal e deve-se sempre informar o pediatra, ginecologista, consultora em amamentação ou seguir para um banco de leite. Em qualquer um desses locais você irá receber boas orientações sobre como tratar e prevenir machucados ao amamentar.

Veja aqui como lidar com a dor ao amamentar. Veja aqui como superar os problemas mais comuns da amamentação. Insistir na amamentação é importante, pois ela proporciona uma série de benefícios. Veja os benefícios da amamentação para o bebê aqui e os benefícios da amamentação para a mãe aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários