Mãe compartilha foto de mudança de leite ao amamentar filha doente

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

A cor do leite materno de Mallory Smothers mudou completamente após passar a noite amamentando a filha gripada

A mamãe Mallory Smothers, do Arkansas, Estados Unidos, teve uma feliz surpresa em relação ao seu leite materno. Há cerca de uma semana, ela retirou seu leite durante a manhã, como faz diariamente, e à noite ela notou que sua bebê começou a ficar congestionada, irritada e espirrando, ou seja, tinha todos os indícios de que estava gripando. Diante disso, Mallory amamentou sua pequena durante a noite.

No dia seguinte, ao retirar seu leite, Mallory teve uma grande surpresa. “Comparado com os leites das outras manhãs, produzi um leite muito mais amarelado semelhante ao colostro, que é o primeiro alimento do bebê e é rico em anticorpos e leucócitos essenciais para melhorar a imunidade do bebê”, afirma Mallory.

Cadastre-se

Mallory acredita que a cor amarelada de seu leite é um sinal de que ele passou a ter mais nutrientes para suprir as necessidades extras de sua bebê que estava gripada naquela noite. “É impressionante como o corpo humano nunca para de me impressionar”, diz Mallory.

De fato, a mudança no leite de Mallory é impressionante, a seguir confira a imagem do leite antes da bebê adoecer, à esquerda, e do leite após a bebê adoecer, à direita:
O leite mais claro é o de antes da bebê ficar doente, enquanto o mais escuro é de após a bebê ficar doente.

O leite mais claro é o de antes da bebê ficar doente, enquanto o mais escuro é de após a bebê ficar doente.

O que a ciência já sabe

Atualmente, já se sabe que o leite materno de fato muda. Primeiramente, ele muda de acordo com a idade do bebê. Nos primeiros dias, a mamãe produz o colostro e com o tempo este alimento muda e se transforma no leite materno. Além disso, o leite também muda ao longo de cada mamada, sendo no início mais líquido, com o objetivo de hidratar,  e com o passar da mamada passa a adquirir mais gordura, que irá contribuir para o ganho de peso do pequeno. Saiba mais sobre os tipos de leite materno aqui.

Além disso, uma pesquisa publicada na revista científica Clinical & Translational Immunology concluiu que o leite materno pode mudar de acordo com o estado de saúde da mãe ou do bebê. Assim, quando um deles estiver doente, a quantidade de leucócitos, células de defesa do corpo, presentes no leite materno poderia aumentar e assim garantir maior proteção ao bebê!

Veja outros benefícios incríveis do leite materno para o bebê aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários