Reconheça os sinais de que a amamentação vai bem

Por: Bruna Romanini

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Foto: Getty Images

Veja também quais são os sinais de que há dificuldades ao amamentar

Veja como a mãe, o bebê, as mamas, a pega e a posição do bebê devem estar para saber se a amamentação vai bem. Confira também os sinais de que há problemas no aleitamento:

Sinais de que a amamentação vai bem Sinais de que há dificuldades na amamentação
Mâe Mãe parece estar saudável, relaxada e confortável. Há sinais de vínculo entre a mãe e o bebê. Mãe parece estar mal e deprimida, tensa ou desconfortável e não há contato visual com o bebê ao amamentar.
Bebê O bebê parece saudável, calmo e relaxado. Ele também procura o peito quando tem fome. O bebê parece sonolento ou doente. Ele também pode ficar impaciente e não procurar pelo peito.
Mamas As mamas têm aparência saudável, sem dor ou desconforto. A mama é apoiada com os dedos longe dos mamilos. As mamas podem ficar vermelhas, inchadas ou feridas. Já os mamilos podem ficar doloridos e a mama é apoiada com os dedos na aréola.
Posição do bebê Cabeça e tronco do bebê ficam alinhados. O corpo do bebê fica próximo do corpo da mãe. As nádegas do bebê ficam apoiadas e o queixo do bebê toca a mama. O bebê fica com pescoço ou tronco torcidos, longe da mãe e apoiado na cabeça ou nas costas somente. O nariz do bebê fica acima ou abaixo do mamilo.
Pega do bebê Há mais aréola acima da boca do bebê. A boca do bebê fica bem aberta com o lábio inferior virado para fora e o queixo do bebê toca a mama. Há mais aréola abaixo da boca do bebê. A boca do bebê fica pouco aberta. Os lábios ficam para frente ou para dentro. O queixo do bebê não toca na mama.
Sucção Bebê faz sugadas lentas e profundas com pausas. A bochecha do bebê fica redonda durante a mamada. O bebê solta o peito quando termina a mamada. O bebê faz sugadas rápidas e é observado um esforço da bochecha durante a mamada. É a mãe quem tem que tirar o bebê do peito.

Fonte consultada: Organização Mundial de Saúde.


Cadastre-se

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários