Relactação: passo a passo e benefícios

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Este método é o mais indicado para quem complementa o leite materno com fórmula ou quando o bebê não suga bem

A relactação é indicada em diversos casos e é grande aliada quando há algumas dificuldades na amamentação. Ela consiste em uma sonda pequena que é colocada em paralelo ao bico do seio, utilize um micropore para deixar a sondinha nesta posição. A outra ponta da sonda fica na mamadeira, copinho ou em uma vasilha. Nesta vasilha pode haver leite materno ou formula. Assim, quando o bebê mama, ele abocanha o bico do seio e a sondinha e ingere o leite de ambos.

Este método é o ideal caso seja necessário complementar o leite materno com a fórmula. “Você dá o complemento enquanto o bebê mama o peito e isso ajuda a aumentar a produção de leite porque o bebê mama o peito também”, explica a pediatra Luciana Herrero, consultora internacional de amamentação pelo IBLCE/EUA (International Board of Lactation Consultant Examiners). Além disso, este é o método evita o desmame de bebês que consomem a fórmula como complemento ao leite materno.

Cadastre-se

A relactação também é indicada quando o bebê não consegue mamar muito bem, por exemplo, em casos que ele não consegue sugar muito. Neste caso você pode retirar um pouco do leite materno e colocar na mamadeira, vasilha ou copinho onde ficará a sondinha.

A relactação pode até mesmo ajudar mães adotivas a produzir o leite materno e fazer com que mães que já deixaram de ter leite, voltem a tê-lo. Nestes casos, a ideia é que com o estimulo do sugar, a mãe passe a produzir leite.

Caso você deseje realizar a relactação é muito simples. Procure o banco de leite mais próximo de sua casa, lá você receberá mais orientações sobre como realizar a relactação. Você pode encontrar o banco de leite mais próximo de sua residência aqui.

Saiba que é preciso ter alguns cuidados básico ao realizar a relactação. “A vasilha, copinho ou mamadeira não deve ficar muito alta, tem que estar na altura da mama. Além disso, não coloque o micropore sempre no mesmo local, isto pode lesionar as mamas”, orienta Luciana Herrero. Caso você vá oferecer o seu leite materno, veja como realizar a retirada do leite materno aqui.

É importante destacar que a relactação só é indicada quando há algum dos problemas mencionados acima durante a amamentação. Caso não haja problemas, o método não é orientado.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários