Remédios durante amamentação: cuidados ao tomar

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja os cuidados indispensáveis antes de tomar remédios durante a amamentação

É essencial que as mães tenham cuidado ao tomar remédios durante a amamentação. Isto porque alguns medicamentos podem passar para o leite materno e acabar prejudicando a saúde do bebê. Por outro lado, muitas vezes por medo do que um medicamento pode causar, muitas mães sequer buscam tratamento para determinado incomodo que sentem e isto pode ser muito prejudicial para a saúde delas.

Saiba que existem muitos medicamentos que as mães que amamentam podem tomar, então, às vezes por medo elas acabam se privando de um tratamento que poderiam ter feito sem problemas.

Cadastre-se

Diante de tudo isso, é essencial que a mãe se informe com seu médico sobre o medicamento que precisa tomar e seus efeitos no bebê. Antes de tomar o remédio é importante considerar alguns fatores. São eles:

Medir os prós e contras

Acompanhada do médico, a mãe deve entender quais são os efeitos que o remédio pode causar no leite ou não e também o quanto este medicamento é importante para ela. Atualmente, existe um site do governo americano que aponta se o medicamento é perigoso para a mãe que amamenta ou não. O site fornece todos os detalhes já conhecidos sobre os efeitos do remédio para a mãe que amamenta. Ele funciona assim: basta jogar o nome do medicamento em inglês na busca e aparece um texto sobre os efeitos do remédio. Você pode acessar o site aqui. Infelizmente, no momento só existe a versão em inglês. Mas uma opção para quem não fala a língua é copiar o conteúdo que aparecer ao buscar sobre o remédio e colocar em um tradutor, como o Google Tradutor. Caso seu médico fale inglês e você não, uma opção é pedir para que este profissional faça a busca.

Saúde e idade do bebê

Antes de tomar um medicamento também é importante considerar a idade e estado de saúde do seu bebê. Isto porque os bebês costumam apresentar problemas devido à exposição a um remédio que passou para o leite materno até os dois meses de vida. Em bebês maiores de 6 meses problemas de saúde devido a um medicamento ingerido pela mãe raramente ocorrem. Além disso, bebês que nasceram prematuros, tem um metabolismo acelerado ou um problema de saúde tem maiores chances de desenvolver problemas devido a um medicamento que a mãe tomou e passou para o leite. Já bebês saudáveis correm menos risco.

Tempo de uso do medicamento

Você vai tomar o remédio apenas uma vez ou pretende usar por mais tempo? O tempo de uso do medicamento deve ser considerado na decisão. Isto porque remédios usados por mais tempo tendem a ter maiores chances de afetar o leite materno.

Remédios para aumentar a produção de leite

É preciso ter atenção especial e conversar com o seu médico antes de tomar qualquer medicamento para aumentar a produção de leite materno. Isto porque até o momento não foram provados grandes benefícios destes medicamentos em aumentar a produção de leite. Sendo que os pesquisadores ainda acreditam que a melhor forma de aumentar a produção é por meio de métodos não medicamentosos, como amamentar com maior frequência, evitar ansiedade e nervosismo, entre outros que você confere aqui.

Além disso, alguns medicamentos usados para aumentar a produção de leite materno podem passar para o leite e assim prejudicar a saúde do bebê.

Remédios naturais e suplementos

As pessoas tendem a achar que porque trata-se de algo natural, não há riscos. Porém, saiba que tal crença está longe de ser verdade. Tanto os remédios naturais quanto os suplementos podem sim conter substâncias tóxicas que prejudicam o leite materno e consequentemente o bebê. Além disso, alguns podem prejudicar a produção de leite materno.  Por isso, só tome estas substâncias após consulta com o seu médico, que por sua vez deve ser informado que você está amamentando.

Medicamentos para dor

É preciso ter atenção especial na hora de tomar medicamentos para dor. Isto porque muitos deles passam para o leite materno e podem prejudicar o bebê. É o caso de remédios como a codeína que pode causar overdose no bebê, saiba mais sobre o assunto aqui.

Até o momento, as pesquisas indicam que o paracetamol é um remédio que pode ser usado entre as mães que amamentam, pois apenas uma quantidade mínima da substância passa para o leite materno. Por outro lado, saiba que para gestantes o paracetamol tem apresentado problemas, saiba mais sobre o assunto aqui.

Remédios para depressão e ansiedade

No caso dos medicamentos para depressão ou ansiedade, sabe-se muito pouco sobre seus efeitos no leite materno. Por isso, é indispensável conversar com seu médico e junto com este profissional medir os prós e contras do uso do medicamento enquanto amamenta.

Veja os cuidados que quem amamenta deve ter ao tomar anticoncepcional aqui.

Fonte consultada:

Revista científica Pediatrics  da Academia Americana de Pediatria

Veja mais

amamentar-emocoes

Deixe uma resposta

Comentários