A relação do casal após o nascimento do bebê

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba como não deixar que a chegada do pequeno prejudique o casal

A chegada do bebê causa uma série de mudanças na vida do casal e é importante que ambos tenham consciência disso. “A maternidade e a paternidade exigem um pouco de renúncia, modificar a rotina para se dedicar ao bebê”, conta a psicóloga Patrícia Bader, do Hospital e Maternidade São Luiz.

Os seis primeiro meses são a fase em que a mulher irá se dedicar mais a criança, afinal ela estará em aleitamento exclusivo. Para manter o relacionamento bem diante de tantas mudanças algumas atitudes são interessantes. “A comunicação é o melhor remédio, tem função preventiva e de tratamento, conversem, façam acordos. Além disso, criem uma rotina de modo que o casal tenha momentos exclusivos mesmo dentro de casa e procurem eventualmente deixar o bebê com um cuidador para sair. Por fim, quando estiverem a sós aproveitem”, orienta Bader.

Cadastre-se

Outro ponto interessante é não deixar que o bebê durma na cama do casal, isto também é necessário para a segurança do pequeno. A participação masculina ao criar o filho faz toda a diferença, assim a mãe não se sente sobrecarregada e os laços entre o pai e o filho ficam mais estreitos. Na fase inicial, o papai só não é capaz de amamentar, mas pode dar banho, trocar fraldas e realizar outras tarefas.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários