Bebê é internado após usar o protetor solar da Peppa Pig

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

Outras mães também afirmam que seus filhos tiveram graves reações alérgicas ou queimaduras após usar este protetor solar

Uma das marcas de protetor solar infantil mais usadas na Austrália é o filtro solar da Peppa Pig, o famoso desenho animado que conquistou bebês e crianças de todo o mundo. Contudo, a reação alérgica de um bebê a este filtro solar fez com que centenas de mães viessem a público afirmar que o produto causou graves reações alérgicas e/ou queimaduras em seus bebês.

A mãe Jessie Swan foi na página do Facebook do Cancer Council Australia, responsável por comercializar o protetor solar da Peppa Pig, e postou uma foto de seu bebê Thomas com o corpinho todo vermelho (imagem acima), acompanhado do seguinte texto:

Cadastre-se

“Este é o meu filho de 3 meses. Ele não foi exposto ao sol, ele simplesmente ficou um pouquinho fora de casa, então eu passei o protetor solar da Peppa Pig só por garantia. Nós ficamos três dias e duas noites no hospital para tratar a terrível alergia/queimadura que ele teve causada pelo seu protetor solar da Peppa Pig. Por favor expliquem como seu produto pode fazer isso?!”

protetor-solar-peppa

Se o caso do pequeno Thomas fosse isolado, era possível pensar que a reação ocorreu apenas devido ao fato da mãe ter passado o protetor solar cedo demais. Já que Thomas está com três meses e a recomendação é que o protetor solar seja utilizado apenas em bebês maiores de 6 meses. Isto porque nesta fase a pele do bebê é fina, sensível e permeável e por isso há o risco de intoxicação pelas substâncias que compõe os filtros solares.

bebe-protetor-solar-queimadura

Contudo, o post de Jessie teve mais de mil comentários. Entre esses comentários, centenas eram de mães que afirmam que seus filhos tiveram problemas similares ao do pequeno Thomas. E boa parte das crianças que tiveram problemas eram maiores de seis meses.

“Meu filho de três anos teve queimaduras químicas no seu rosto e orelhas após usar o mesmo protetor solar que este bebê. Vocês precisam reavaliar este produto”, disse a mãe Catherine Jones.

“Este protetor é terrível. Eu passei em mim e no meu filho de 4 anos e nós nos queimamos muito! Nunca mais usei”, disse a mãe Katey Spurr.

“Eu passei esse protetor solar nas minhas filhas de 19 meses e 6 anos e elas ficaram com muitas queimaduras. Sei que cada criança é diferente da outra, mas é impressionante a grande quantidade de crianças que tiveram reação a este protetor solar”, disse o pai Michael Mccarthy.

Diante dos diversos relatos de problemas, o Cancer Council Australia afirmou que irá investigar os casos e que já entrou em contato com a mãe Jessie Swan para compreender melhor o que ocorreu. O pequeno Thomas já está em casa, mas ainda está em processo de recuperação.  Este protetor solar da Peppa Pig não é comercializado no Brasil.

Veja os cuidados ao passar protetor solar no bebê aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários