Desidratação em bebês: reconheça os sinais

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

Bebês correm maior risco de sofrer desidratação, por isso é importante saber quais os sinais do problema

Por serem pequeninos e terem baixo peso, pequenas perdas de líquido já podem causar desidratação nos bebês. A desidratação não tratada em bebês é grave e pode ser fatal. Por isso, reconheça a seguir quais os sinais que o bebê dá de que está desidratado e saiba o que fazer diante do problema:

Sinais de que o bebê está desidratado

Cadastre-se

O bebê dá alguns sinais de que está desidratado, são eles:

  • A moleira fica funda, de modo que o bebê fica com uma espécie de depressão na cabeça, conforme a imagem acima da esquerda mostra. Saiba mais sobre moleira funda aqui;
  • Poucas ou nenhuma lágrima no choro;
  • Os olhos parecem estar afundados na cabeça;
  • Bebê molha menos de 6 fraldas de xixi por dia;
  • Bebê fica mais de 6 horas sem fazer xixi;
  • Xixi do bebê fica com uma cor amarela bem escura;
  • Bebê fica mais sonolento e lento.

Causas da desidratação em bebês

O bebê pode ficar desidratado se não está conseguindo mamar o suficiente. Veja os sinais de que o bebê não está mamando suficiente aqui. Diarreia e vômitos também podem levar à desidratação em bebês.

O que fazer diante da desidratação em bebês

Diante da desidratação do bebê é essencial entrar em contato com um médico imediatamente. Caso seu bebê tenha menos de 6 meses, não ofereça água para ele na tentativa de corrigir o problema, dê o peito ou fórmula. Saiba que a água pode causar sérios problemas no bebê quando ingerida em excesso, saiba mais sobre o assunto aqui.

Fonte consultada

Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários