Espasmos infantis: conheça a doença que afeta bebês

Por: Bruna Romanini

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Foto: Reprodução Facebook

Os espasmos infantis acometem bebês no primeiro ano de vida e podem ser confundidos com soluços

Espasmos infantis são um tipo específico de convulsão que ocorre em uma síndrome epilética conhecida como Síndrome de West. A Síndrome de West é caracterizada por espasmos infantis e regressão no desenvolvimento.

Os espasmos infantis ocorrem no primeiro ano de vida, geralmente entre os 4 e 8 meses do bebê. Muitos pais podem acabar confundindo o espasmo infantil com um soluço, já que o movimento de fato pode ser similar.

Cadastre-se

Porém, saiba que o espasmo infantil possui características um pouco diferentes. Nos espamos infantis o bebê ergue braços e às vezes até as pernas simultaneamente, alguns bebês também arqueiam as costas quando estendem os braços e pernas.

Os espasmos também costumam ocorrer em horários específicos, geralmente após o bebê acordar ou depois de comer e o bebê pode apresentar até 100 espasmos por dia.

Saber reconhecer os espasmos é muito importante. Isto porque quanto antes reconhecer a doença, maiores as chances de boa recuperação com o tratamento adequado.

Pensando nisso, a mamãe da pequena Grace, que sofreu com os espasmos infantis, permitiu que a rádio BBC britânica filmasse sua filha tendo os espasmos em diferentes situações, deitada e no colo da mãe. A mamãe permitiu isso para que outros pais saibam como são os espasmos infantis. Ao final do vídeo, a pequena Grace aparece falando. Agora, ela já é uma linda menina e não sofre mais com a doença graças ao tratamento adequado. “Eu fico triste de me ver chorando nestes vídeos, mas eu fico feliz por estar bem agora”, disse Grace ao final do vídeo.

Confira o vídeo a seguir:

Fonte consultada:

Instituto Nacional de Doenças Neurológicas e Derrames do Governo dos Estados Unidos

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários