AAP alerta sobre a presença de chumbo perto de bebês e crianças

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Academia Americana de Pediatria descobriu que o chumbo pode causar danos permanentes nos bebês e crianças e está presente em muitos brinquedos

A Academia Americana de Pediatria lançou um apelo para que os países se comprometam a eliminar as fontes de contaminação de chumbo em bebês e crianças e também para que os médicos tomem mais ações para proteger os pequenos do chumbo. Uma das principais fontes de contaminação de chumbo são alguns brinquedos das crianças.

Este apelo ocorre após a descoberta das últimas pesquisas de que até mesmo baixas quantidades de chumbo podem causar problemas cognitivos (capacidade de aprendizado) e comportamentais permanentes em bebês e crianças.

Cadastre-se

A AAP quer que os pediatras se unam ao governo para evitar que as crianças e bebês tenham qualquer contato com o chumbo. “Agora nós sabemos que não existe uma quantidade saudável de concentração de chumbo na corrente sanguínea dos bebês e crianças e, por isso, o melhor tratamento é evitar a exposição dos pequenos ao chumbo”, afirma a Dra. Jennifer Lowry, autora do alerta sobre o chumbo e membro da Academia Americana de Pediatria.

Estima-se que o chumbo mate 143 mil pessoas e provoque o atraso mental de 600 mil crianças por ano. O chumbo pode causar dificuldades de aprendizagem, anemia e distúrbios em habilidades de coordenação, visual, espacial e de idioma.

Como proteger seu filho

Os bebês começam a correr maior risco de exposição ao chumbo quando começam a engatinhar e a ter seus dentinhos nascendo, isto porque nesta fase eles podem alcançar objetos com maior facilidade e colocá-los na boca.

O chumbo está presente principalmente em tintas. Apesar de muitos países já possuírem uma legislação que impede o uso de chumbo nas tintas, no Brasil a lei apenas limita a quantidade desta substância que pode estar presente na tinta. O que, de acordo com a AAP é um problema, já que conforme mencionado acima, não existe uma quantidade segura de chumbo.

A tinta usada nos brinquedos do seu filho pode conter chumbo. Ao comprar um brinquedo para seu bebê, é essencial observar no rótulo se há a presença de chumbo. Fique atenta aos brinquedos vindos da China, especialmente se forem produtos piratas, pois neste país o chumbo continua sendo usado para colorir bonecas, bolas e outros brinquedos.

Também é essencial prestar atenção à pintura da casa e dos móveis, e observar se a tinta possui chumbo ou não. Uma dica: casas antigas, especialmente as que não passaram por reformas recentemente, correm maior risco conter chumbo, pois as chances de elas terem sido pintadas com uma tinta também antiga e com maior concentração de chumbo é alta.

A AAP orienta que bebês e crianças que vivam em um bairro onde 25% ou mais das casas foram feitas antes dos anos 1960 façam exames para observar a concentração de chumbo em seus corpos. E se elas apresentarem mais de 5 microgramas por decilitro devem ter acompanhamento especial dos pediatras.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários