Bebê de 4 meses: saiba tudo sobre a fase

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Aos 4 meses a visão do bebê melhora, as mamadas ficam menos frequentes e muitas outras mudanças ocorrem

Com 4 meses o bebê passa por algumas mudanças. Entre os 4 meses e meio e 5 meses de vida, o peso do seu bebê irá dobrar em relação à quando ele nasceu! Claro que isto em condições normais de alimentação e sócio ambientais.

Além disso, também ocorrem mudanças na amamentação. Seu bebê irá mamar com menor frequência. “Isto porque ele tem mais força, suga mais forte e em menos tempo sacia sua fome”, explica o pediatra Jose Gabel, secretário do Departamento de Pediatria Ambulatorial e Cuidados Primários da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

Cadastre-se

Falando em amamentação, é importante que aos 4 meses de vida o aleitamento materno continue exclusivo. Isto deve permanecer até os seis meses do bebê. Alguns pais acreditam que aos 4 meses podem oferecer outros alimentos ao bebê, mas isto pode causar uma série de problemas futuros. “Crianças que recebem outros alimentos antes dos seis meses de idade, especialmente antes do terceiro mês, acumulam mais gordura corporal ao longo da vida, eleva o risco de problemas no coração e de acidente vascular cerebral, responsáveis por 30% das mortes no mundo”, alerta Jose Gabel.

Aos quatro meses de vida, a compreensão dos sons passa a ser mais apurada. Além disso, o bebê tende a começar a emitir os primeiros sons como mama-mama e dada-dada. “Quando começa a balbuciar, dar gritinhos e emitir as primeiras vocalizações tem o início da etapa pré-linguística, vindo a seguir um período de monólogos, a repetição das vocalizações acompanhado de respostas gestuais expressando satisfação e agrado”, observa Jose Gabel. É essencial estimular a fala do bebê, saiba como fazer isso aqui.

A visão do bebê também melhora aos 4 meses. “Ele começa a ter uma melhor definição de silhuetas e cores”, conta Jose Gabel.

Outro acontecimento desta fase é o fim da licença-maternidade para muitas mães. Algumas atitudes ajudam a tornar a volta ao trabalho mais fácil. “É importante ter bem planejado com quem o filho irá ficar, caso seja com uma babá apresente ela ao bebê um tempo antes da volta. O mesmo vale para a creche ou escolinha, faça a transição durante a licença”, conta a coach Marília Fiuza, licenciada pela Sociedade Brasileira de Coaching (SBC). Procure deixar seu filho em uma creche ou escolinha próxima do local de trabalho para que você esteja por perto caso seja necessário. Saiba mais sobre como adaptar o bebê na creche aqui.

Veja os sinais de que o desenvolvimento do bebê de quatro meses está correto aqui. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários