Bebê de um ano: a fase de independência

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Entenda a crise de um ano do bebê, suas causas e como lidar com ela e saiba tudo sobre bebê de um ano

Por volta do primeiro ano do bebê, ele começa a se tornar mais independente, pois começa a caminhar, com ou sem apoio, ou até mesmo porque está engatinhando mais rápido. “O fato é que essa independência traz o seguinte conflito na cabecinha do bebê: ‘eu não sou mais um só com minha mãe, ela fica sem mim – será que vou perdê-la de vista se eu for ali bem longe?’. O ‘ali bem longe’, no caso, é o cômodo seguinte da casa! Claro, isto é uma forma jocosa de dizer que simplesmente a independência da criança traz angústia de não retornar para junto da mãe ou do pai”, explica a médica de família Ana Paula Lemes Martins Marcolino, membro da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC).

Sinais da crise do primeiro ano

Cadastre-se

Alguns dos sinais da crise do primeiro ano envolvem a criança ficar inquieta e chorar ao ficar sozinha, mesmo sendo ela que tenha ido a um lugar mais distante dos pais. “É diferente da ansiedade da separação do nono mês porque, na verdade, quem busca a distância é a própria criança, mas mesmo assim ela se angustia ao ficar distante”, diz Marcolino.

Como lidar com a crise do primeiro ano

Neste caso o mais importante é saber o que não fazer. “Nada de impedir a criança de explorar a casa e os ambientes. Claro que, nessa fase, é importante tornar os lugares espaços seguros – longe de produtos químicos e medicamentos, os quais devem ser trancados em lugares altos, quinas de móveis, peças pequenas, etc. Em lugares abertos e públicos, cuidar para não perder de vista, é claro, além de espaços íngremes ou degraus. Volta e meia pode ser que surja um ralado no joelho e um tombo, mas eles também fazem parte do ‘aprender a cair para aprender a levantar’”, orienta Marcolino. Além disso, é importante agir com naturalidade.

O tempo de duração desta crise, assim como todas as outras, é variável. “A ansiedade dos pais sempre é fator complicador na passagem de fase dos filhos de qualquer idade! Amor e carinho são sempre vindos em qualquer fase da vida dos filhos”, afirma Marcolino.

O bebê passa por diversas crises do desenvolvimento, entenda as outras aqui:

Crise dos três meses, aqui.

Crise dos seis meses, aqui.

Crise dos nove meses, aqui.

Crise dos dois anos, aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários