Cabelo do bebê: esclareça suas dúvidas

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Entenda mudanças que ocorrem na cor e forma dos fios, saiba quando os cabelos dos bebês carecas nascem, por que os fios caem e mais

Os cabelos do bebê passam por uma série de mudanças desde o nascimento. A seguir, entenda por que os cabelos do bebê caem, as transformações na cor e formato dos fios, quando os cabelos dos bebês carecas vão nascer e muito mais.

Mudanças que ocorrem na cor e forma dos fios

Cadastre-se

O formato dos cabelos do bebê tendem a mudar com o passar do tempo. “O bebê tem os fios mais finos e leves que o adulto e por isso podem enrolar mais facilmente. Ao longo do tempo, a tendência é o engrossamento dos fios e um cabelo mais pesado, muitas vezes com a perda dos cachinhos”, explica a pediatra Fabíola Peixoto do Hospital Leforte.

A cor dos cabelos também tende a mudar. Elas costumam escurecer durante os dois a três anos de vida. “Isso ocorre porque a produção de melanina aumenta, já que os pequenos ficam expostos ao sol, diferentemente de quando estavam dentro da barriga”, observa Fabíola Peixoto.

A partir do primeiro ano começa a crescer o cabelo definitivo, só que mais fino e mais claro porque tem menos produção de pigmentação do que quando adulto. “Tudo nessa fase é mais fino: o cabelo, a pele, a unha. Por volta dos dois ou três anos, dá para se ter uma ideia se o seu filho terá uma cabeleira cacheada ou cabelos lisos e a intensidade real da cor dos fios”, conta Fabíola Peixoto.

Os bebês carecas

Seu bebê é carequinha? Calma, isto é normal. “Isto porque em geral, quando se fala dos cabelinhos do bebê, eles são associados à proteção do couro cabeludo, contudo essa função só é desempenhada depois do nascimento. No útero, a temperatura é constante, quentinha, e não há necessidade desse papel protetor dos fios”, explica Fabiana Peixoto. Assim, o esperado é que os cabelos cresçam até o segundo aniversário do bebê. “Se passar desse prazo, pode ser interessante conversar com o pediatra para saber um pouco mais sobre o assunto e verificar se está tudo em ordem”, destaca Fabíola Peixoto.

É essencial que os pais fiquem atentos ao couro cabeludo do bebê. Ele deve ser macio e liso e sem vermelhidão ou descamação, estas duas últimas podem indicar algum problema.

Cabelos do bebê estão caindo, por quê?

Como foi dito acima, é comum que o bebê nasça careca, já que no útero a proteção dos fios não é necessária. “Mesmo assim, por características genéticas, algumas crianças nascem com cabelos, que normalmente cairão até o sexto mês de vida”, observa Fabíola Peixoto.

A queda de cabelos ocorre devido à diminuição abrupta da concentração de hormônio sexuais presentes no bebê, provenientes da mãe, após o nascimento. “A queda de cabelo se intensifica por volta dos três a quatro meses de idade. Algumas crianças chegam a perder quase todo o seu cabelo, que depois volta a crescer”, afirma Fabíola Peixoto. Saiba que os cabelos novos podem vir com cor e textura diferentes, como mencionado acima. Só depois desse período, a partir do primeiro ano, é que os fios definitivos começam a aparecer

Falhas no couro cabeludo

As quedas de cabelo do bebê ocorrem nas entradas e nas laterais, fazendo com que o bebê fique com o penteado estilo moicano. Além disso, a posição em que o pequeno dorme pode levar à algumas falhas no couro cabelo. “Os bebês menores de seis meses permanecem a maior parte do tempo deitados ou recostados no carrinho ou no bebê conforto. Desta forma, o local de apoio é a parte posterior da cabeça, que, com o tempo, perde o cabelo e pode ficar mais plana”, explica Fabíola Peixoto. Assim, os bebês acabam ficando com uma clareira na parte de trás da cabecinha.

Após os seis meses de vida, a posição sentada passa a ser a preferida e a criança consegue mantê-la sem ter que recostar, diminuindo a fricção na parte posterior. Os cabelos voltam a crescer e o crânio se arredonda novamente.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários