Conversando com o bebê: dicas de como fazer

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja algumas atitudes que te ajudam a ter uma verdadeira conversa com o bebê, muito antes dele aprender a falar

Assim como o bebê prefere a face humana a outras visões, ele também irá preferir a voz humana a outros sons. E sabe qual é a voz preferida do seu bebê? A da mamãe! Isto porque ele a associa com conforto, comida e todas essas coisas boas!

Os bebês também tendem a preferir vozes mais fininhas e estridentes, então falar com essa vozinha com seu bebê realmente não é uma má ideia. Falar com a voz mais estridente, de forma mais lenta, exagerar em certas sílabas e abrir seus olhos e bocas mais do que o normal, o que os adultos já fazem naturalmente ao se dirigir ao bebê, é a receita ideal para atrair a atenção do bebê e alguns lindos sorrisos.

Cadastre-se

Ao ouvir você e outras pessoas falarem com ele, o bebê irá descobrir a importância da fala muito antes de entender ou repetir algumas palavras específicas. Com um mês seu bebê já é capaz de identificar vozes, mesmo que você esteja em outro quarto.

“Conversando com seu bebê”

O primeiro passo é falar muito com seu bebê, pode ser durante a troca de fraldas, ao colocá-lo pra dormir, durante o banho, entre outras situações. Você também pode ter uma conversa com o pequeno, muito antes dele aprender as primeiras palavras! No começo, quando seu bebê sorrir ou fizer alguns sons para os pais, os sorrisos deles diante disso farão com que o pequeno perceba que a comunicação é um processo de mão dupla.

Quando você começar a ouvir seu bebê repetir alguns sons , como “aaaa” ou “eee”, vá em frente e comece a repetir esses sons emitidos pelo pequeno. Além disso, adicione algumas palavras simples a essa “conversa”.

Com o passar do tempo, adicione um pouco mais de linguagem de adulto na conversa com o bebê. Além disso, procure ler com frequência para seu bebê, mesmo que pareça que ele não entenda o que está sendo dito.

Saiba que a maneira como seu bebê reage às conversas irá dizer muito sobre a sua personalidade. E a maneira como você fala com o pequeno também irá influenciar, se você falar em um tom mais bravo, ele pode ficar triste, mas se falar em um mais amoroso, o bebê ficará feliz e assim por diante.

Veja dicas de como estimular o bebê a falar aqui. 

Fonte: Academia Americana de Pediatria

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários