Mudanças que ocorrem nos cabelos, olhos e pele do bebê

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Os olhos do bebê mudam de cor, a pele escurece, os cabelos ficam mais grossos entre outras mudanças

Com o passar do tempo o bebê passa por algumas mudanças na pele, cabelos e olhos. Saiba quais são elas:  

Cabelos ficam mais escuros e grossos

Cadastre-se

O formato dos cabelos do bebê tendem a mudar com o passar do tempo. “O bebê tem os fios mais finos e leves que o adulto e por isso podem enrolar mais facilmente. Ao longo do tempo, a tendência é o engrossamento dos fios e um cabelo mais pesado, muitas vezes com a perda dos cachinhos”, explica a pediatra Fabíola Peixoto do Hospital Leforte.

A cor dos cabelos também tende a mudar. Elas costumam escurecer durante os dois a três anos de vida. “Isso ocorre porque a produção de melanina aumenta, já que os pequenos ficam expostos ao sol, diferentemente de quando estavam dentro da barriga”, observa Fabíola Peixoto.

A partir do primeiro ano começa a crescer o cabelo definitivo, só que mais fino e mais claro porque tem menos produção de pigmentação do que quando adulto. “Tudo nessa fase é mais fino: o cabelo, a pele, a unha. Por volta dos dois ou três anos, dá para se ter uma ideia se o seu filho terá uma cabeleira cacheada ou cabelos lisos e a intensidade real da cor dos fios”, conta Fabíola Peixoto.

A cor dos olhos muda

No nascimento praticamente todos os bebês têm os olhos acinzentados ou em tom azul-escuro. “Isto ocorre porque a célula melanócito, responsável por produzir melanina, ainda não foi estimulada. É justamente a melanina, a mesma que determina a cor da pele e dos cabelos, que determinará a cor da íris, anel muscular que fica em volta da pupila”, explica Fabiana Peixoto. A cor dos olhos pode mudar até por volta de um ano de vida. “Se o melanócito produzir pouca melanina, o olho permanecerá azul. Se produzir um pouco mais, esverdeado. Já se produzir muito, os olhos podem ser marrons ou pretos”, explica Fabíola Peixoto.

A cor da pele muda

No primeiro dia de vida é muito difícil saber qual é a cor da pele do bebê. Afinal, ela é tão fininha que é quase transparente. “A circulação do sangue ainda é irregular, e a cor da pele muda dependendo da temperatura ambiente e exposição solar”, afirma Fabíola Peixoto.

Assim, bebês de todas as raças nascem com uma pele avermelhada, que vai mudando de tom conforme as horas e dias se passam. “A partir do segundo dia, a pele do recém-nascido pode ficar meio amarelada devido à icterícia fisiológica, que afeta praticamente metade dos bebês”, observa Fabíola Peixoto. Após isso, com o tempo a pele do bebê tende a escurecer. Quando o bebê tiver 6 meses, a cor da pele já deve ser definitiva.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários