Músculos do bebê: dicas para estimular

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja como estimular a musculatura da face, membros superiores e inferiores do bebê

Algumas atitudes simples dos pais ajudam a estimular a musculatura facial, dos membros superiores, do tronco, do pescoço e dos membros inferiores do bebê. A seguir, veja quais são elas:

Dicas estimular a face do bebê

Cadastre-se

A melhor maneira de estimular a face do bebê, mandíbula e lábios, é por meio da amamentação. “Todo o esforço muscular de sucção do bebê é fundamental no desenvolvimento muscular e psicomotor do bebê. É o mais natural e adequado para o desenvolvimento do bebê, além de criar um vínculo afetivo do bebê e da mamãe, pois este contato físico e emocional único e especial no relacionamento materno”, conta o odontopediatra Fernando Tai.

Caso a mãe não consiga amamentar, é importante prestar atenção na escolha dos bicos. “É fundamental respeitar os diversos tipos de bicos de mamadeiras para cada tipo de líquidos usados. Por exemplo: existem tipos de bicos de mamadeiras para água, leite e alimentações mais pastosas, etc. Os bicos mais indicados são os bicos do tipo ortodônticos que são um pouco achatados, diminuindo o risco de alteração da arcada e dos futuros dentinhos dos bebês”, diz Fernando Tai.

Não alargue o furo da mamadeira do bebê. Isto porque a atitude pode fazer o pequeno consumir o líquido muito rápido e engasgar. “Além disso, o bebê poderá tomar com muita facilidade e não exercitar suficientemente a musculatura, alterando assim o próprio desenvolvimento”, destaca Fernando Tai.

Caso seu bebê ainda mame no peito, mas precise receber o leite materno ou complementar com a fórmula sem a presença da mãe, a orientação é oferecer o líquido por meio do copinho e não pela mamadeira. Isto porque o uso da mamadeira pode favorecer o desmame. Saiba mais sobre o copinho aqui.

Dicas para estimular o pescoço, tronco e membros superiores

Algumas atitudes podem ajudar a estimular a fortalecer a musculatura do pescoço, tronco e membros superiores. “Deve-se colocar o bebê de bruços quando ele estiver acordado e longe das refeições para estimular a elevação do tronco. Hoje em dia muitos pais têm receio de colocar o bebê de bruços devido ao risco de morte súbita, mas o risco está em colocar nessa posição durante o sono e não quando acordado”, conta a pediatra Flavia Oliveira, da Clínica MedPrimus.

Quanto às perninhas do bebê é importante evitar deixá-lo em pé por períodos prolongados. “As pernas não têm a condição de sustentar o peso do corpo do bebê. Se for feito com frequência pode ocorrer abalo na parte ósseas das pernas”, diz Flavia Oliveira. Confira dicas para estimular as perninhas do bebê nesta outra reportagem aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários