Comportamentos estranhos do recém-nascido

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja quais os comportamentos estranhos do recém-nascido e por que eles ocorrem

Após o nascimento, o bebê pode ter uma série de comportamentos que os pais jamais imaginariam e que podem muitas vezes surpreendê-los. A seguir, listamos quais os principais comportamentos estranhos do recém-nascido e explicamos por que eles acontecem:

A mesma posição da barriga

Cadastre-se

Nas primeiras semanas de vida é normal o recém-nascido manter seus braços e pernas próximos ao corpo e também os dedos cerrados. Afinal, lembre-se que o pequeno passou nove meses dentro do útero e boa parte deste tempo ficou bem apertado, então não é simples ficar totalmente ereto de repente. Podem levar várias semanas para que o corpo do bebê se desdobre totalmente.

Muitos barulhos

Desde os primeiros dias de vida, o recém-nascido é bem barulhento. Além de chorar sempre que algo estiver errado, o pequeno também irá emitir uma grande variedade de grunhidos, gritos, suspiros, espirros e soluços.

A maioria destes sons emitidos pelo bebê são reações a acontecimentos ao seu redor, como um som estridente ou um odor forte. Ao usar os sentidos do olfato e paladar, seu recém-nascido é capaz de distinguir o leite materno a partir de qualquer outro líquido. Os recém-nascidos têm preferência por sabores doces a azedos ou amargos.

Recém-nascido um pouco estrábico

A visão do recém-nascido é boa entre 20 e 30 centímetros de distância, o que significa que ele pode ver o rosto da mamãe perfeitamente quando está mamando. Porém, quando tenta olhar algo mais distante, o bebê pode ficar um pouco estrábico (vesgo). Por volta dos dois ou três meses de vida, quando os músculos dos olhos do bebê ficarem mais maduros ele conseguirá focar os dois olhos em um só objeto. Caso o estrabismo não melhore com o passar do tempo é importante comunicar o pediatra do bebê.

Recém-nascido muito sensível

Provavelmente o sentido mais importante do recém-nascido é o toque. Após meses sendo banhado pelo líquido dentro do útero, seu bebê passará a ser exposto a todos os tipos de sensações, algumas muito confortáveis e outras não. Assim, ele irá se encolher diante de um vento frio e vai adorar sentir o macio do cobertor e, claro, o carinho da mamãe. Inclusive, segurar o seu bebê irá proporcionar muito prazer e segurança a ele. Algumas pesquisas inclusive apontam que estes laços emocionais estreitos irão promover o melhor desenvolvimento do bebê.

Veja coisas que ninguém te conta sobre o recém-nascido aqui. 

Fonte consultada

Academia Americana de Pediatria

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários