Barriga dura na gravidez: tire suas dúvidas

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba tudo sobre barriga dura e torta na gravidez, veja porque acontece e quando é preocupante

A barriga dura na gravidez é comum, mas também pode indicar problemas quando vem acompanhada de outros sintomas. Por isso, saiba tudo sobre a barriga dura na gravidez em cada fase:

Barriga dura no início da gravidez

Cadastre-se

No início da gravidez a barriga dura está relacionada às mudanças no corpo. “Com o crescimento uterino, o útero, que era localizado dentro da bacia pélvica feminina, passa a ser abdominal e seu crescimento força a musculatura abdominal a se distender e, devido à isso, a mulher começa a sentir a barriga mais dura na região infra-umbilical, ou o pé da barriga, como dizem algumas mulheres. À medida que o útero vai crescendo, a musculatura vai sendo distendida e, dependendo da atividade física da mulher e de seu biotipo, a sensação de barriga dura pode acompanhar praticamente toda a gestação, sem que seja preocupante para a evolução da gestação”, explica o ginecologista e obstetra Jurandir Piassi Passos, do Lavoisier Medicina Diagnóstica.

Pacientes que foram submetidas à cirurgia plástica abdominal (abdominoplastia), podem ter a sensação de barriga dura na gravidez com mais frequência.

Quando vem acompanhada de outros sintomas, a barriga dura no início da gravidez pode ser preocupante. “O endurecimento do útero, com contrações frequentes, normalmente é acompanhado de cólica e dor abdominal. Se esses sintomas estiverem associados à sensação de barriga dura, a mulher deve procurar, o mais breve possível, avaliação médica especializada”, diz Jurandir Piassi Passos.

Barriga dura no meio da gravidez

A barriga dura no meio da gestação pode corresponder ao início das contrações de treinamento, mas, como dito acima, devem ser de duração curta e esporádicas. “Quando acompanhada de dor com intensidade cada vez maior e se houver sangramento vaginal associado a seu aparecimento o médico deve ser procurado. A avaliação médica é muito importante, pois o tratamento pode ser feito com medicamentos para relaxar o útero e atuar no fator desencadeante desses sintomas, como, por exemplo, uma infecção urinária”, orienta Jurandir Piassi Passos.

Barriga dura no final da gravidez

As causas da barriga dura no final da gravidez podem ser as contrações de treinamento. “A barriga dura no final da gestação também pode estar relacionada à posição do feto dentro do útero. Algumas posições, principalmente as transversas, podem ser a causa da sensação de barriga dura e torta”, observa Jurandir Piassi Passos.

Neste último caso, a melhora vai ocorrer com a alteração da posição fetal, que acontece espontaneamente. “A persistência da barriga dura, junto com sensação dolorosa intensa, deve ser avaliada em serviço especializado para se afastar outras causas que podem afetar tanto a saúde materna quanto a fetal”, conta Jurandir Piassi Passos.

A barriga dura no final da gestação é preocupante quando está associada a dor, sangramento e diminuição da movimentação fetal. “Um quadro que pode ocorrer principalmente no final da gestação é o descolamento prematuro da placenta, o qual é indicativo de internação e resolução da gestação de forma urgente. Por isso é muito importante que a mulher preste atenção ao seu corpo durante toda a gestação. Com certeza ela saberá diferenciar entre o que é normal e o que está fora do normal e que a levará a procurar atendimento especializado”, informa Jurandir Piassi Passos.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários