Descoberta substância que pode levar ao aborto espontâneo

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Ela está presente em diversos produtos do seu dia a dia, como embalagens alimentícias e esmaltes

Uma pesquisa publicada na revista científica Environmental Science & Technology  da American Chemical Society com 300 mulheres observou que a exposição à substância ftalato pode aumentar o risco de aborto espontâneo, especialmente entre 5 e 13 semanas de gestação.

A pesquisa testou as amostras de urina de 132 mulheres que sofreram um aborto espontâneo e 172 mulheres grávidas saudáveis. Os estudiosos descobriram que o aborto espontâneo estava associado aos maiores níveis de ftalatos na urina das mulheres.

Cadastre-se

No Brasil, os ftalatos podem ser encontrados em embalagens plásticas em contato com o alimento. Os ftalatos costumam aparecer com o nome de DEHP (ftalato de di-2-etil-hexila). Em outros países, os ftalatos estão presentes em esmaltes, perfumes, hidratantes, sabonetes líquidos, anti-transpirantes, desodorantes, condicionadores e shampoos.

Veja mais

maria-cecilia-rodolfo-coracao
animais-semanas-bebe

Deixe uma resposta

Comentários