Gestações múltiplas e tratamentos para engravidar

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

A melhora no procedimento de fertilização in vitro diminuiu as chances de gravidez de gêmeos e trigêmeos

No passado, as chances de uma gravidez múltiplas após a fertilização in vitro eram altas. Isto porque os especialistas não tinham certeza de quantos embriões iriam sobreviver e, por isso, implantavam muitos. Era frequente o nascimento de gêmeos, trigêmeos e até quadrigêmeos.

Atualmente, com a evolução do procedimento, a chance de uma gravidez múltipla diminuiu. “Hoje em dia transferimos poucos embriões e com isso apenas 15% das gestações são de dois bebês”, explica o ginecologista obstetra Paulo Gallo, diretor médico do Vida – Centro de Fertilidade da Rede D’Or do Rio de Janeiro e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Cadastre-se

As gestações de múltiplos são muito mais arriscadas do que as outras e por isso é importante preveni-las. “Na gravidez de gêmeos ou trigêmeos o risco de prematuridade é maior, a gestação por si só é mais complicada, as chances de pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, entre outros problemas são maiores. A mulher foi feita para ter um bebê de cada vez”, conclui Gallo.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários