A importância da vitamina D na gravidez

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

A falta da vitamina D na gravidez pode levar ao aborto e a pré-eclâmpsia

A vitamina D  é um hormônio essencial para o nosso organismo. Este nutriente é muito importante para as gestantes porque melhora o sistema imunológico. “No primeiro trimestre em casos nos quais a mulher sofre com abortos múltiplos, pode ser o sistema imunológico da mãe rejeitando a implantação do feto e isso pode ser corrigido com boas quantidades de vitamina D”, diz o neurologista Cícero Galli Coimbra. Ao final da gravidez, a falta da substância pode levar a pré-eclâmpsia, uma hipertensão grave que ocorre em algumas mães e  pode até causar a morte.

Como a vitamina D é importante para o desenvolvimento do cérebro do bebê, a sua falta pode fazer com que a criança nasça autista.  Esta substância é obtida principalmente ao tomar sol.   “A orientação para conseguir a quantidade necessária da substância é se expor ao sol por cerca de 20 minutos com braços e pernas descobertos e sem proteção solar”, orienta Coimbra.

Cadastre-se

A vitamina também está presente em alguns alimentos como peixes, especialmente o salmão e o atum, ovos, carnes, leite e queijo cheddar. Porém, as quantidades da substância nas comidas não é suficiente.

É interessante conversar com o seu obstetra e realizar um exame de sangue a fim de saber se há necessidade da suplementação com a vitamina D ou se bastam os 20 minutos de sol ao dia. Não ingira os suplementos da substância sem a orientação médica, pois o excesso dela pode levar a problemas nos rins.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários