Banho de balde no bebê: benefícios e cuidados

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba quais são os cuidados e os benefícios do banho de balde no bebê

O banho de balde pode ser uma boa opção para o bebê. “O uso deste banho favorece o relaxamento e pode acalmar o bebê, promovendo sensação de aconchego. Isto porque lembra a posição fetal dentro do útero materno”, explica a pediatra e neonatologista Celia Maria Boff de Magalhães, membro da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul. A sensação de voltar para a barriga ocorre no banho de balde porque as pernas e braços ficam encolhidos, o bebê fica na água do pescoço para baixo e a temperatura da água permanece quente por mais tempo. Lembrando que a temperatura da água pode variar de 36 a 37 graus, em dias quentes ela fica mais fria e em dias frios mais quente.

Apesar de muitas mães começarem os banhos de balde logo após o nascimento do bebê, é melhor esperar um pouco. “É interessante aguardar até o pequeno ter bom tônus no pescoço, ser capaz de firmar a cabeça, o que o ocorre entre três e quatro meses”, diz Celia Magalhães. Caso você queira dar banho de balde no recém-nascido, nas primeiras semanas o banho provavelmente terá que ser feito a quatro mãos com um adulto segurando o bebê e o outro passando o sabonete. Com o tempo o bebê fica mais firme e apenas um adulto é capaz de dar o banho de balde.

Cadastre-se

Outro cuidado importante é adquirir um balde próprio para o banho do bebê. Isto porque esses produtos têm menor risco de derrapar e não irão liberar substâncias que podem ser tóxicas para o bebê. Sempre faça a higienização do pequeno antes de colocá-lo no balde, como limpar o coco do bumbum. “O mais importante: nunca deixe a criança no balde sem um adulto acompanhando-a o tempo todo”, alerta Celia Magalhães.

Saiba como higienizar os genitais dos meninos nesta reportagem do portal BebêMamãe.com e as genitais das meninas nesta outra matéria do BebêMamãe.com.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários