Cocô do bebê: sinais de que está saudável e de problemas

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja quais as cores e aspectos considerados saudáveis do cocô do bebê e quais indicam problemas

O cocô do seu bebê pode dizer muito sobre a saúde dele. A seguir, veja quais as cores e formatos normais do cocô do bebê e aqueles que indicam problemas de saúde:

A seguir, veja quais as cores e aspectos do cocô saudável do bebê:

Cadastre-se

Preto: Após o nascimento os primeiros cocôs do bebê são pretos porque na verdade não são cocôs, mas sim o mecônio. O mecônio preenche o intestino do feto e é eliminado após o parto. Ele é gelatinoso e escuro, parecendo o petróleo.

Marrom esverdeado: Assim que o bebê começa a digerir o leite materno, o mecônio é substituído por um cocô marrom esverdeado e depois um cocô marrom amarelado.

Amarelo: cerca de cinco dias após o parto, o cocô do bebê passa a ficar mais solto e adquire uma cor amarelo para amarelo-esverdeada.

Marrom: caso seu bebê consuma fórmula o cocô provavelmente será marrom e pastoso.

Outras cores: Quando seu bebê começa a comer comidas sólidas o cocô passa a ficar marrom escuro, mas outras cores também são possíveis. Por exemplo, o bebê pode apresentar o cocô vermelho se ele tiver comido beterraba. As cores verde e laranja também são possíveis e consideradas normais no cocô do bebê. Também podem ter pedaços de alguns alimentos que seu bebê comeu no cocô.

Aspecto: Durante a troca de fralda é importante prestar atenção na consistência do cocô do seu bebê. Bebês que amamentam no peito muitas vezes têm fezes soltas e aguadas. Já o cocô do bebê que consome fórmula costuma ter um aspecto pastoso.

Sinais de problemas

Aspecto: quando o cocô do bebê fica muito solto e aguado isto pode indicar que o pequeno sofre de diarreia. Quando o cocô do bebê tem o aspecto de várias bolinhas isto pode indicar constipação.

Diante de algumas cores e aspectos do cocô do bebê é importante entrar em contato com o pediatra imediatamente. São eles:

  • Cocô ainda preto por vários dias após o parto;
  • Cocô com cor vermelha ou ensanguentado;
  • Cocô com cor branca ou cinza;
  • Cocô largo, duro e difícil de passar.

Ao contatar o seu médico se prepare para descrever o cocô do seu bebê, como a cor, a consistência e a frequência.

Saiba mais sobre as muitas cores do cocô do bebê aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários