Ana Carolina Oliveira, mãe de Isabella Nardoni, está grávida

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Facebook

Veja como esta mãe guerreira enfrentou o pior pesadelo de todos os pais e encontrou forças para seguir em frente

Em 2008, Ana Carolina Oliveira passou pelo pior pesadelo de qualquer mãe: a morte de um filho. Para tornar tudo ainda mais difícil, a maneira como a pequena Isabella Nardoni, então com 5 anos, morreu foi brutal. Ela foi assassinada pelo pai, Alexandre Nardoni, e pela madrasta Anna Carolina Jatobá, e arremessada da janela do apartamento do casal. O drama de Ana Carolina comoveu todo o país.

Enfrentar esta tragédia definitivamente não foi fácil. Em entrevista à revista Veja São Paulo, ela contou que só foi possível com a ajuda da família. “Com o apoio de família, religião e terapia. Até certo ponto, você aguenta sozinha. Mas tem uma hora em que a dor sufoca. Eu demorei dois meses para procurar terapia e cheguei a fazer três sessões por semana. Nos primeiros meses, o caso da minha filha aparecia todos os dias na TV. De certa forma, a comoção das pessoas me ajudou. Havia quem chorasse como se tivesse perdido o próprio filho. Recebi muitas cartas, muitos abraços. As pessoas torceram e sofreram por mim. Não comparo problemas e dores, mas não me permitia ter um papel de coitada e ir para o buraco”, disse Ana Carolina.

Cadastre-se

No auge da dor, Ana Carolina, chegou a pensar que jamais voltaria a ser feliz, se casar e ter outros filhos. “Não tinha esperança em relação a isso. Mas tudo mudou. Estou vivendo o meu primeiro casamento. Com o outro (Alexandre Nardoni), eu nem sequer morei junto”, afirma Ana Carolina em entrevista à revista Veja São Paulo.

Agora, Ana Carolina veio a público para falar sobre algo maravilhoso: ela está grávida de 8 meses! Em 2014, Ana Carolina se casou com Vinicius Francomano e ano passado o casal decidiu que começariam as tentativas para engravidar. “Durante o almoço, em um dia de trabalho, fiz o teste sozinha no banheiro de um shopping. Liguei para o meu marido dizendo que tinha um assunto sério para falar. O Vinicius achou que era uma DR (discussão de relação) e estava bravo em casa, pois era dia de jogar futebol com os amigos. Quando mostrei uma caixa com uma carta minha e o teste de gravidez, caímos juntos no choro”, contou Ana Carolina em entrevista à Revista Veja São Paulo.

Quando perguntada pela revista sobre o que esta gravidez significa para ela, Ana Carolina é enfática. “Quem sofre problemas trágicos pode encarar uma segunda gravidez como uma substituição. Não será o meu caso. Cada filho tem uma história”.

Ana Carolina acredita que sua filha teria ficado feliz com esta gravidez. “Ela completaria 14 anos na semana passada. A Isa sempre me viu feliz — e é assim que estou hoje. Tenho certeza: Isabella estaria feliz”.

Confira a entrevista completa aqui.

Veja mais

maria-cecilia-rodolfo-coracao

Deixe uma resposta

Comentários