Higiene no pós-parto: cuidados essenciais

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba quais os cuidados ao higienizar os seios, vagina, pontos da cesárea e episiotomia

É essencial ter alguns cuidados especiais com a higiene no pós-parto. A seguir, veja quais são eles:

Seios no pós-parto: cuidados e higiene

Cadastre-se

Com relação à higiene dos seios não é preciso fazer nada muito mirabolante. “Faça uma higienização cuidadosa durante o banho”, orienta a ginecologista e obstetra Mariana Halla, do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim.

Caso você esteja utilizando pomadas, devido à fissuras, é necessário questionar o médico se é preciso retirá-las antes da mamada. “O ideal é que sejam utilizadas pomadas que não precisam ser retiradas, pois o processo de retirada pode acabar ferindo ainda mais o mamilo”, explica o ginecologista obstetra Jurandir Passos, especialista em Medicina Fetal do Lavoisier Medicina Diagnóstica.

Para prevenir fissuras nos mamilos é essencial que durante a amamentação o bebê abocanhe o máximo possível, a aréola inteira ou quase por inteira, deixando o mamilo dentro da boca do pequeno. “Ao término da mamada, coloque seu dedinho na boca do bebê para retirá-lo do seio, isto também previne fissuras”, explica Mariana Halla.

Também é interessante utilizar sutiãs que ofereçam apoio à mama. “Isto irá diminuir a flacidez mamária”, oserva Jurandir Passos.

Higiene da vagina no pós-parto

Para mães que realizaram parto normal sem episiotomia ou cesárea os cuidados com a higiene da vagina não são muito diferentes daqueles do dia a dia. A mulher que costumava utilizar o sabonete íntimo pode continuar com ele. Já aquelas que preferem o sabonete comum também podem mantê-lo. É interessante evitar ficar com qualquer sabonete muito tempo na região, assim que passá-lo já o tire. Nada de passar o sabonete na vagina e deixá-lo lá enquanto lava o cabelo, por exemplo.

Também é importante evitar jatos de água diretamente dentro da vagina ou banhos de imersão. “O banho de imersão facilita a entrada de bactérias na vagina e, assim, a ocorrência de infecções vaginais que podem ascender para o útero e acabar gerando infecções mais sérias para a puérpera”, orienta Jurandir Passos.

Ao fazer xixi ou evacuar, lembre-se de sempre se limpar de frente pra trás e se possível lavar a região.

O lóquio

O lóquio é o sangramento que ocorre no pós-parto. Diante dele é importante utilizar o absorvente comum e não o interno ou o copinho. “Isto porque a manipulação interna da vagina pode facilitar a entrada de bactérias e acabar aumentando o risco de infecções”, explica Jurandir Passos. Procure trocar o absorvente com uma frequência de até 4 horas.

Também é essencial observar o aspecto e odor do lóquio. “O lóquio muda de cor com o tempo que começa vermelho, marrom até amarelar e ficar mais branco. Se mudar o odor é importante entrar em contato com o médico”, conta Mariana Halla.

Higiene dos pontos da cesárea

Os curativos da cesárea costumam permanecer por até 24 horas. “É considerado que após 24h do ato cirúrgico a pele já esteja “colada”, ou seja, já não haveria a possibilidade de bactérias entrarem na ferida cirúrgica e provocarem infecção”, explica Jurandir Passos.

Então, quando a mulher estiver em casa, ela provavelmente não terá curativos nos pontos da cesárea, mas precisara ter cuidados especiais. “Durante o banho, lave bem a região com água e sabonete com ph mais neutro. Procure manter a região bem seca para prevenir infecções”, diz Mariana Halla. Caso seja necessário, pode até utilizar o secador no morno para secar os pontos.

Evite utilizar calcinhas que ficam com o elástico bem nos pontos da cesárea. “Também é importante ficar atenta às secreções dos pontos da cesárea. Saídas de secreções clarinhas e em pequenas quantidades é normal, Mas, em quantidades maiores, com odor ou coloração amarelada requer atenção e é preciso avisar o médico”, alerta Mariana Halla.

Higiene dos pontos da episiotomia

Ao higienizar essa região é importante utilizar água corrente, tanto o sabonete íntimo quanto o comum podem ser utilizados. Ao realizar a higiene não deixe o sabonete, tanto íntimo quanto comum, muito tempo em contato com a vagina. Assim que passar o sabonete, já o tire.

Após o banho é essencial deixar a região bem seca. “Nem que pra isso precise utilizar o secador de cabelos na temperatura morna”, orienta Mariana Halla.

Veja outros cuidados importantes no pós-parto cesárea aqui. E no pós-parto normal aqui. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários