Pais muito rígidos aumentam chances do filho ter baixa autoestima

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

As chances da criança desenvolver depressão e problemas na escola também aumentam

Uma pesquisa realizada pela Universidade da Califórnia, Estados Unidos, descobriu que pais muito punitivos e que não apoiam muito seus filhos aumentam as chances deles terem baixa autoestima, problemas na escola e assim maior risco de depressão e problemas comportamentais.

Este é um dos primeiros estudos a refutar a clássica ideia de que uma criação muito rígida é a melhor opção para as crianças. “Nossa pesquisa mostrou que criar o filho de forma muito controladora, punitiva e com pouco apoio não funciona. Ela também mostra que é essencial que os pais demonstrarem seu amor e apoio aos filhos”, observa a autora da pesquisa Cixin Wang.

Cadastre-se

A pesquisa foi publicada na revista científica Journal of Family Issues e contou com a participação de 589 crianças que foram questionadas sobre sua opinião a respeito do comportamento de suas mães e pais, como elas estavam na escola e como era seu comportamento no dia a dia.

Outras pesquisas já haviam provado que quando os pais exercem um forte controle psicológico em seus filhos isto causa problemas de comportamento e baixa autoestima.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários