Síndrome de De Quervain: o problema que surge ao segurar o bebê errado

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Síndrome de De Quervain pode ocorrer por movimentos repetitivos na hora de carregar o bebê

A Síndrome de De Quervain é um problema que afeta os tendões que ligam os polegares aos pulsos. Este problema ocorre após movimentos repetitivos no pulso. A Síndrome é muito comum entre as mães, pois elas estão constantemente segurando seus bebês em um movimento repetitivo. Além disso, nos meses após o parto as mães ficam com os tendões mais frouxos, esta mudança é importante para o momento do parto, mas após o nascimento do bebê aumenta o risco desta síndrome.

Além disso, segurar o bebê de uma forma específica aumenta muito as chances do problema. Esta forma perigosa é a seguinte: segurar o bebê com os pulsos e os dedões virados para baixo.

Cadastre-se

Sintomas

Os sintomas da Síndrome de De Quervain são:

  • Dor perto da base do dedão;
  • Inchaço perto da base do dedão;
  • Dificuldades para mover o dedão quando é preciso pegar algo;
  • Sentir o dedão “pinçando” quando estiver mexendo;
  • Caso o tratamento demore, a mãe pode começar a sentir dor em todo o braço.

Entre em contato com o médico diante de qualquer um destes sintomas.

Tratamento

O tratamento da síndrome envolve reduzir a inflamação, preservar o movimento dos dedões e evitar que ocorra novamente. Se você começar o tratamento cedo sua condição pode melhorar entre quatro e seis semanas.

O tratamento pode ser realizado com um fisioterapeuta. Além disso, é importante evitar movimentos repetitivos o máximo possível, aplicar gelo na região afetada e imobilizar o pulso. Remédios podem ser indicados para diminuir a dor e o inchaço, como o ibuprofeno.

A cirurgia pode ser necessária em casos mais graves. A necessidade ou não da cirurgia será avaliada pelo seu médico.

Prevenção

A melhor forma das mães prevenirem o problema é prestar atenção na hora de segurar o bebê. Procure sempre segurar o bebê com os pulsos retos e não para baixo ou em qualquer outra posição esquisita.

Fonte consultada:

Clínica Mayo

Veja mais

loquio-sangramento-pos-parto
prefencial-mae-amamenta-lactente1

Deixe uma resposta

Comentários