Solange Couto desabafa sobre abuso sexual que filha sofreu na infância

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

“Fiquei absurdamente indignada”, disse a atriz Solange Couto sobre os abusos que a filha sofreu aos onze anos

Há quatro anos a atriz Solange Couto recebeu uma das piores notícias para qualquer mãe. Solange descobriu que sua filha, Morena Mariah, 25 anos, havia sido vítima de dois casos de violência sexual, sendo que o primeiro ocorreu quando a jovem tinha apenas 11 anos! No outro caso, mais recente, Morena foi estuprada pelo namorado, que se aproveitou de um momento de embriaguez seu para cometer o crime.

Segundo a filha da atriz, o abuso na infância foi cometido por um familiar que cuidava da menina enquanto Solange viajava a trabalho. “Minha mãe trabalhava em outro estado e designou um familiar para tomar conta de mim nos períodos de ausência. Durante esse tempo em que ele ficou responsável por mim, ocorreram os episódios de abuso. Ele morava comigo na minha casa”, disse a jovem em entrevista ao jornal Extra.

Cadastre-se

Como Morena só contou a Solange Couto sobre abuso há quatro anos, quando já era maior de idade, a atriz não pôde tomar nenhuma providência, mesmo sabendo quem foi a pessoa que abusou de sua filha. “Fiquei absurdamente indignada. Isso me revolta de tal maneira, porque eu não posso fazer nada, nem justiça, porque a Morena só veio me contar isso anos depois, quando ela já era maior. Então, não tive o que fazer. Me sinto amarrada, de pés e mãos. Não posso chegar na cara da pessoa e dar um murro, nem apontar o dedo na cara e esculachar. Não posso nada porque nada foi dito, nada foi aclarado, e ela não quer denunciar, tem medo”, desabafou a atriz em entrevista ao jornal Extra.

Os dois casos de violência sexual sofridos por Morena a abalaram muito e fizeram com que ela desenvolvesse depressão. “Vivo uma luta diária. Luto contra uma depressão que foi desencadeada depois disso. Procurei pessoas que passaram pela mesma coisa, conversei com muita gente ligada ao feminismo e finalmente fui entendendo que a culpa não era minha. O estupro causa um estrago muito grande dentro da gente porque as pessoas colocam a culpa sempre na vítima. Querem saber com que roupa você estava, se você havia bebido, como se qualquer uma dessas coisas pudessem justificar um estupro. Foi muito doloroso pra mim, mas a gente não tem do que se envergonhar e não pode se calar”, concluiu Morena, em entrevista concedida ao jornal Extra.

Sinais de que a criança está sendo abusada

Ficar atento ao comportamento do seu filho pode ajudar a descobrir se ele está sofrendo algum tipo de abuso. A criança abusada sexualmente pode desenvolver problemas comportamentais. Esses comportamentos são variáveis e não específicos. Algumas mudanças que podem ocorrer são:

  • Seus hábitos alimentares podem mudar;
  • Mudança nos relacionamentos. A criança pode ficar mais retraída ou se tornar mais agressiva;
  • Mudanças na escola. Sua motivação e concentração podem sofrer e suas notas podem cair;
  • Pode apresentar medo injustificável, muitas vezes, chora e fica agarrada ao seu pai ou mãe;
  • Ela tem queixas físicas inexplicáveis, tais como dores de cabeça, dores de estômago, ou reclamações sobre a genital;
  • Ela pode ter medo de uma determinada pessoa ou lugar e ser deixada sozinha com o indivíduo;
  • Ela reage fortemente à uma pergunta sobre alguém tocá-la;
  • De repente, ela parece mais consciente e preocupada com a conduta sexual, palavras e partes do corpo;
  • Ela tem ansiedade irracional sobre o exame físico de um médico;
  • Ela pode parecer hipersexualizada e tentar fazer com que as outras crianças simulem atos sexuais;
  • Crianças menores podem regredir em seu desenvolvimento e voltam a fazer coisas como xixi na cama;
  • Mudança de comportamento repentino e sem explicação.

Fonte consultada:

Hospital Infantil Sabará

Veja mais

loquio-sangramento-pos-parto
prefencial-mae-amamenta-lactente1
mulher-tiaguinho-gravida-chape

Deixe uma resposta

Comentários