Depressão pós-parto: entenda o que é

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba como identificar a depressão pós-parto e entenda o que é

O nascimento de um filho é um período de grandes transformações na vida da mulher. “Muda o corpo, as relações familiares, de trabalho, ela vai construir um papel inteiramente novo, é uma crise maturativa importante”, afirma a psicóloga Vera Iaconelli, diretora do Instituto Brasileiro de Psicologia Perinatal – Gerar e doutora em psicologia pela Universidade de São Paulo. Estas alterações podem favorecer um quadro de depressão pós-parto.

É importante ressaltar que após o nascimento do bebê alguns momentos de tristeza, abatimento ou dúvida são naturais. “Porém, se esse sofrimento for muito intenso e inclusive impedir a pessoa de levar uma vida normal é preciso ficar atento para a depressão. Além do sentimento ruim, outros sintomas do problema podem ser tendência a evitar o convívio social, falta de apetite e insônia”, conta Iaconelli.

Cadastre-se

A depressão pós-parto ocorre com cerca de 20% das mães. A orientação para quem suspeita que enfrenta o problema é não ter vergonha de conversar sobre como se sente com pessoas próximas e buscar ajuda psicológica.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários