Os benefícios do parto humanizado

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

O parto humanizado diminui os riscos de infecções e respeita os desejos e necessidades da mulher durante o parto

O principal ponto do parto humanizado é realizar a cesárea apenas quando ela realmente é necessária. “No Amparo Maternal, onde defendemos este método, a incidência de cesárea gira entre 18% e 20%. A porcentagem é baixa e, por isso, fomos escolhidos pela Organização Mundial de Saúde como uma das maternidades da América Latina que tem menor índice de cesariana. Quando a cesárea é feita, os riscos de infecções e outras complicações cirúrgicas são 10 vezes maiores”, explica o ginecologista obstetra Éder Viana de Souza, Coordenador de Obstetrícia do Amparo Maternal em São Paulo.

Além disso, a recuperação da mulher é muito melhor quando comparado com uma cesárea ou um parto normal com muitas intervenções. “O parto natural é aquele que acarreta menos riscos para o binômio, tanto para a mãe quanto para o feto. Os recém-nascidos têm menores riscos de patologias relacionadas com a prematuridade, como o desconforto respiratório”, diz Souza.

Cadastre-se

No parto humanizado são utilizados métodos não medicamentosos para aliviar a dor, como massagens, banhos de relaxamentos e bolas. Entenda por que evitar a anestesia é importante nesta outra reportagem do portal BebêMamãe.com .

Outro benefício importante do parto humanizado é estimular mãe e filho a ficarem juntos logo após o parto. Saiba mais sobre os benefícios disto nesta outra reportagem do portal BebêMamãe.com. Esclareça todas as suas dúvidas sobre parto humanizado aqui.

Veja mais

tremores-parto
cesarea-medieval
sophie-charlotte

Deixe uma resposta

Comentários