Calendário de vacinação dos prematuros

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Confira a seguir o calendário de vacinação dos prematuros, que tomam algumas injeções em datas diferentes

Vacinas

Recomendações, esquemas e cuidados especiais

Cadastre-se

BCG ID

Deverá ser aplicada, preferencialmente ainda na maternidade, em recém-nascidos (RNs) com peso maior ou igual a 2.000g

Hepatite B

Aplique a primeira dose após o nascimento, preferencialmente nas primeiras 12 horas de vida e as outras duas doses que podem ser nos esquemas 0-1 meses ou 2 e 6 meses. Em RNs com menos de 33 semanas de gestação e/ou menos de 2.000 g de peso ao nascimento, precisam do esquema com quatro doses, no esquema 0-1-2-6 meses.

Palivizumabe

Recomendada durante o período de maior circulação do vírus sincical respiratório, que varia de acordo com a região.

Pneumocócica conjugada

Iniciar aos dois meses, respeitando a idade cronológica. Três doses dos 2, 4 e 6 meses e um reforço aos 15 meses.

Influenza (gripe)

Vacina deve ser oferecida respeitando a idade cronológica e a sazonalidade da circulação do vírus. Duas doses a partir dos 6 meses com intervalo de 30 dias entre elas.

Poliomielite

Utilizar somente vacina inativada em RNs internados em unidade neonatal

Rotavírus

Não utilizar a vacina em ambiente hospitalar

Tríplice bacteriana

Preferencialmente utilizar vacinas acelulares

Haemophilus influenza B

As vacinas combinadas de vacina tríplice bacteriana acelular (DTPa) com Hib e outros antígenos são preferenciais, permitem a aplicação simultânea e se mostraram eficazes e seguras para o recém-nascido pré-termo (RNPTs).

Fonte: Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

As outras vacinas são dadas de acordo com o calendário comum. Confira o calendário de vacinação dos bebês até os 12 meses de vida nesta outra reportagem do portal BebêMamãe.com.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários