Bebê engasgado: saiba o que fazer

Por: Bruna Romanini

bebê engasgado

Foto: Getty Images

Saiba quais os sintomas, primeiros socorros e como prevenir que o bebê fique engasgado

É importante saber o que fazer quando o bebê fica engasgado. Saiba como reconhecer o problema, os primeiros socorros e como prevenir.

Sintomas do bebê engasgado

Cadastre-se

Primeiro, é importante reconhecer os sintomas de que o bebê está engasgado. “Quando a obstrução da via aérea é parcial, o ar ainda está entrando nos pulmões, o principal sintoma é a tosse”, explica a pediatra Tatiana Miranda, coordenadora do Pronto Socorro Infantil do Hospital Leforte.

Já quando a obstrução é total, os sintomas são outros. “O bebê apresenta ausência de choro e mudança da coloração da pele que fica arroxeada ou azulada”, conta Tatiana Miranda.

Primeiros socorros do bebê engasgado

A primeira coisa a se fazer é verificar se o bebê está respirando. “Se ele estiver tossindo ou chorando significa que o ar está entrando nos pulmões. Nestes casos deixe o bebê tossir, que com a tosse ele irá eliminar o que está obstruindo a via aérea”, orienta Tatiana Miranda.

Se o bebê não estiver respirando, deve-se chamar a emergência (193 para bombeiros e 192 para o SAMU). Enquanto uma pessoa liga para a emergência a outra já deve iniciar os primeiros socorros.

Bebê engasgado e consciente: ele deve ser posicionado de bruços em cima do braço do socorrista. Então, a pessoa precisa realizar 5 compressões entre as escápulas, no meio das costas do pequeno.

Depois, vire o bebê de barriga para cima e ainda apoiado em seu braço, realize 5 compressões sobre o esterno, osso que divide o peito ao meio, na altura dos mamilos.

Procure visualizar o corpo estranho e tente retirá-lo com cuidado. Caso não consiga, repita os movimentos acima até a chegada da emergência.

Bebê engasgado e inconsciente: Coloque o bebê deitado de costas e libere as vias aéreas. Verifique se o bebê respira. Se ele não respirar, faça duas respirações boca-a-boca, lembrando que nos casos dos bebês a boca do adulto deve abranger a boca e o nariz do pequeno.

Enquanto realiza as respirações, note se há expansão torácica. Caso não veja movimentos respiratórios, repita as respirações boca-a-boca.

Como prevenir que o bebê engasgue

As principais causas de engasgo no bebê são por aspiração de leite, suco ou água. “Então, não se deve dar de beber ao bebê com ele deitado, nem deitá-lo imediatamente após a alimentação. Também não o deite sem que ele tenha arrotado ou regurgitado”, orienta Tatiana Miranda. Saiba como colocar o bebê para arrotar nesta outra matéria do portal BebêMamãe.com.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários