Bebê quase morre devido à alergia à medicamento comum

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Mirror

O bebê ficou com manchas vermelhas no corpo e com a boca preta após consumir o Ibuprofeno versão infantil

Por muito pouco o pequeno Finley Kirwan não morreu. Em dezembro, aos 15 meses de vida, o pequeno começou a ter dificuldades para engolir e para respirar, sua temperatura corporal subiu. Pouco depois, a pele ficou cheia de erupções vermelhas e a boca ficou preta. Além disso, não muito tempo depois, os órgãos de Finley começaram a falir!

Os médicos levaram quatro dias para diagnosticar que o pequeno sofria com a síndrome Stevens-Johnson, condição rara na pele, mas que pode ser fatal. Esta condição ocorre em decorrência de uma alergia. No caso de Finley os médicos acreditam que foi uma alergia devido ao medicamento Ibuprofeno, já que o pequeno havia recebido de seus pais a versão em gotas para crianças, Calprofen, para amenizar uma tosse.

Cadastre-se

Apesar da condição muito grave, os médicos conseguiram reverter o quadro e salvar a vida de Finley. Três semanas depois da internação, Finley deixou o hospital. “Eu e meu marido nunca tínhamos ouvido falar nesta condição e ficamos chocados. Nosso coração ficou partido. Mas depois ficamos aliviados com a recuperação dele. Ele é nosso pequeno guerreiro”, disse Danielle Hart, mãe de Finley, ao jornal britânico Mirror.

Por sorte, seus pais Danielle Hart e Dan Kirwan correram para o hospital diante dos primeiros sintomas. “Nós poderiamos tranquilamente ter colocado nosso filho para dormer diante dos primeiros sintomas, achando que ele melhoraria de manhã. Porém, a alergia se desenvolveu de uma forma tão rápida que se tivéssemos feito isso nosso filho teria morrido. Espero que esta história alerte outros pais para agir rápido assim que seu bebê começar a apresentar sintomas preocupantes”, disse Danielle.

Este caso também alerta para o risco de medicar o bebê sem a devida orientação médica. Ibuprofeno é frequentemente usado pelas pessoas para casos de febre, dores leves e moderadas associadas a gripes e resfriados, dor de garganta, dor de cabeça, dor de dente, entre outros. Apesar de ser um medicamento comum, é essencial sempre falar com o seu médico antes de oferecer qualquer medicamento ao seu bebê.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários