Berço portátil: cuidados ao escolher e utilizar

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

É preciso ter uma atenção especial na hora de escolher o berço portátil e ao colocar o bebê nele

É preciso ter alguns cuidados ao escolher o berço portátil do seu bebê. A seguir selecionamos os cuidados ao escolher este tipo de berço apontados pela ONG inglesa Lullaby Trust, especializada em prevenir a Síndrome da Morte Súbita em bebês:

  • O berço portátil deve ter uma base e estrutura rígida.
  • O colchão deve ser plano e firme, coberto por um material impermeável.
  • Saiba que colchões de berço de viagem são frequentemente mais finos do que os do berço comum, por isso, pode ter uma sensação um pouco mais dura ao dormir, mas saiba que não é orientado utilizar cobertores dobrados ou uma colcha por cima do colchão para torna-lo mais confortável.

Ao colocar o bebê no berço portátil é preciso ter cuidados semelhantes aos de quando o pequeno é colocado no berço comum. A seguir confira os cuidados listados pela pediatra Tatiana Miranda, coordenadora do Pronto-Socorro Infantil do Hospital Leforte:

Cadastre-se

  • A cabeça dorecém-nascido deve ficar descoberta durante o sono. Estudos demonstram que em 16 a 22% dos casos de Síndrome da Morte Súbita do Lactente, os bebês foram encontrados com a cabeça coberta ou enrolada nas cobertas. Recomenda-se que os pés do bebê fiquem encostados na borda do berço, evitando que este escorregue para baixo das cobertas.
  • O travesseiro ideal é o anti-sufocante, com pequenos furos, que permitem a respiração. Porém, para recém-nascidos, não é necessário usar nenhum travesseiro.
  • Convém reforçar que a posição ideal para os bebês serem colocados no berço é de barriga para cima. A posição ventral, ou seja, de bruços foi contraindicada desde 1992 pela Academia Americana de Pediatria, por ser apontada como uma das causas da Síndrome da Morte Súbita na Infância. Desde que as entidades médicas passaram a fazer esta recomendação ao redor do mundo, a incidência desta Síndrome caiu mais de 50%.
  • No momento de dormir é recomendável retirar correntinhas ou cordões do pescoço do bebê, pois podem enroscar e provocar sufocação.
  • Brinquedos como bichos de pelúcia e quaisquer objetos que possam interferir na respiração do bebê e até provocar asfixia, devem ser retirados de dentro do berço na hora de dormir. Colocar o bebê para dormir com cobertores macios, travesseiros e protetores de berço também não se deve fazer, esses objetos também aumentam o risco de asfixia.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários