Cientistas fazem descoberta que pode pôr fim à morte súbita de bebês

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Pesquisadores da Austrália descobriram o que causa a morte súbita em bebês

A morte súbita é um diagnóstico que os especialistas dão quando um bebê aparentemente saudável morre sem explicação. Atualmente, a morte súbita é uma das principais causas de morte do bebê do primeiro ano de vida. Porém, um novo estudo pode mudar essa triste realidade. Pesquisadores australianos do hospital The Children’s Hospital of Westmead fizeram uma descoberta que pode levar ao fim da morte súbita em bebês.

Os pesquisadores descobriram que bebês que morrem por morte súbita tem baixos níveis de uma determinada proteína no cérebro. Esta proteína é responsável por regular o despertar durante o sono. Os cientistas descobriram que esta proteína também está presente em baixas quantidades no cérebro de adultos com apneia obstrutiva do sono, uma condição que causa pausas na respiração enquanto a pessoa está dormindo.

Cadastre-se

Esta descoberta é importante por dois motivos. Primeiro, ela comprova de uma vez por todas que a morte súbita dos bebês está relacionada ao sono. “Nós sempre percebemos que os bebês morriam durante o sono, mas não conseguíamos entender por que esta tragédia ocorria na hora do sono, agora nós sabemos que o principal motivo é a falta desta proteína”, disse a Dra. Rita Machaalani, coordenadora do departamento de sono do The Children’s Hospital of Westmead em entrevista ao jornal Australian Telegraph.

Outro motivo que faz esta descoberta ser muito importante é porque agora é possível criar um teste para descobrir se o bebê tem maiores riscos de sofrer morte súbita ou não. E caso o resultado seja positivo, os médicos poderão determinar alguns cuidados especiais para evitar a tragédia. “O próximo passo é determinar exatamente quais os níveis normais desta proteína no cérebro do bebê. Uma vez que descobrirmos isso poderemos detectar quando um bebê está com níveis baixos da proteína e assim saber que ele tem maior risco de sofrer a morte súbita”, afirma a Dra. Rita Machaalani.

É importante deixar claro que esta descoberta NÃO significa que outros cuidados para prevenir a morte súbita infantil, como colocar o bebê para dormir com a barriga para cima, devem deixar de ser feitos. Afinal, ainda não se sabe quais bebês possuem ou não menores quantidades desta proteína e certamente algumas atitudes, como colocar o protetor de berço e/ou pôr o bebê para dormir com a barriga para baixo, favorecem o risco de morte súbita especialmente entre bebês com baixos níveis da proteína.  Por isso, saiba mais sobre como evitar a morte súbita do bebê aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários