Cuidados essenciais para prevenir que o bebê fique doente

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Amamentação e vacinação são algumas atitudes que ajudam a evitar que o bebê fique doente

Alguns cuidados com o bebê são essenciais para aumentar a imunidade dele e prevenir que fique doente. A seguir, veja quais são os principais e proteja seu pequeno:

Vacinar o bebê corretamente

Cadastre-se

Para garantir uma boa proteção para seu bebê é essencial vaciná-lo corretamente, nas datas certas e sem atrasar. “Estar com o calendário vacinal em dia protege o bebê de doenças graves e tomar todas as doses garante uma proteção mais completa e segura. Vacinar também ajuda a proteger outros bebês que não foram vacinados ou não tem idade ainda para determinadas vacinas, pois evita que algumas doenças se espalhem com facilidade e são potencialmente muito graves para a população pediátrica”, explica a pediatra Rafaella Gato Calmon, do Hospital Leforte.

Vacinação da mãe em dia

Além de vacinar o bebê, também é importante que as mamães se vacinem. “Com as vacinas em dia, a mamãe consegue passar anticorpos para o seu bebê através do leite materno, além de evitar que a criança fique doente por causas que o bebê não está imune ainda, como por exemplo, o vírus da gripe. Além de cuidados com a exposição do bebê e das medidas de higiene, como lavagem das mãos e o uso de álcool gel, os pais e cuidadores imunizados protegem de certa forma o bebê que ainda não pode ser vacinado, já que no caso do Influenza só pode ser feita após os 6 meses de idade. ”, conta Rafaella Gato Calmon.

Lavar as mãos antes de interagir com o bebê

É essencial que todos lavem as mãos ou passem álcool em gel antes de interagir com o bebê e os pais e cuidadores devem ser ainda mais atenciosos e procurar manter as mãos limpas em todos os momentos. “A maioria das doenças infecciosas são transmitidas pelo contato das mãos. Lavar as mãos ao chegar em casa, antes de amamentar ou preparar alimentos para o bebê e sempre após ir ao banheiro são tão importantes quanto lavar antes de pegar no bebê”, ressalta Rafaella Gato Calmon.

Amamentar

O leite materno é o alimento mais rico e completo que existe para o bebê. “Ele é a primeira vacina que o bebê recebe e contém substância que atuam promovendo uma maior imunidade do bebê. O leite materno pode evitar doenças diarreicas e respiratórias como gripe e pneumonias. Além de proteger o bebê de doenças alérgicas, também diminui o risco de diabetes e hipertensão arterial na vida adulta”, observa Rafaella Gato Calmon.

Amamente o bebê exclusivamente até os seis meses de vida e de maneira complementar até os dois anos ou mais. E a partir dos seis meses ofereça alimentos saudáveis seu pequeno.

Para prevenir gripes

Alguns cuidados ajudam a evitar que o bebê fique gripado. “Evite lugares fechados com grande aglomerado de pessoas, como shoppings. Evite o contato de pessoas doentes (mesmo com sintomas leves, como: ‘só espirrando!’) com a criança”, conta Rafaella Gato Calmon.

Para prevenir doenças respiratórias

Realizar a lavagem nasal frequente com soro fisiológico, manter a criança bem hidratada e com o ambiente arejado ajuda a prevenir doenças respiratórias.

Veja mais dicas de como aumentar a imunidade do bebê aqui. Veja as doenças mais comuns no primeiro ano do bebê aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários