Mãe nota pontos escuros no nariz de seu bebê e o motivo a fez alertar outros pais

Por: Bruna Romanini

Foto: Acervo Pessoal Meghan

Velas perfumadas acesas em casa fizeram com que esta mãe e seu bebê ficassem com fuligem em seus narizes

A mamãe Meghan Budden estava buscando dar uma melhorada no ambiente de seu apartamento em Nova Jérsei, Estados Unidos, então ela decidiu acender duas velas perfumadas. Ela contou ao canal de televisão CBS New York que deixou as velas queimarem por muitas horas.

No dia seguinte, Meghan notou manchas pretas dentro do seu nariz. E quando foi alimentar o seu bebê, ela viu que o pequeno também tinha manchas pretas dentro de seu nariz!

Cadastre-se

Preocupada, ela foi ver as velas que tinha queimado e notou que atrás havia a orientação de que não fossem queimadas por mais de três horas.

A médica Lisa Liberatore contou à CBS que este problema em decorrência das velas não é incomum. Ela ainda disse que é típico os pacientes irem para o hospital com os pontos pretos no nariz sem fazer ideia de que a causa são as velas. “Por isso, eu geralmente faço um checklist e pergunto possíveis coisas que poderiam causar isso. E eles acabam falando que estavam queimando velas”, disse Liberatore.

Para diminuir a quantidade de fuligem que vem das velas os especialistas orientam não queimá-las por muito tempo.

Respirar fuligem por muito tempo pode causar graves problemas de saúde. Além disso, uma pesquisa feita pela Universidade de York, Reino Unido, alertou que muitas velas perfumadas tem um composto chamado limonene, que é utilizado por ter um cheiro cítrico. Quando queimado o composto pode liberar uma substância chamada formaldehyde que aumenta os riscos de câncer!

A mamãe Meghan e seu bebê estão bem e ela garante que vai tomar cuidado redobrado ao acender velas em casa.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários