Mãe salva sua bebê ao filmar seus movimentos e agora mostra para outros pais

Por: Bruna Romanini

Foto: Arquivo pessoal

A mãe britânica Belen descobriu que a filha tinha espasmo infantis ao estranhar alguns movimentos repetitivos que ela fazia

A mamãe Belen estava em casa com sua bebê de sete meses Bella. Foi quando ela notou que sua pequena estava fazendo estranhos movimentos repetitivos. Na hora, ela pegou o celular e começou a filmar esses movimentos.

Logo em seguida, Belen e o marido Damon levaram a pequena para o hospital onde Belen mostrou o vídeo para os médicos que deram o diagnóstico: a pequena Bella sofria com espasmos infantis.

Cadastre-se

De acordo com o Instituto Nacional de Doenças Neurológicas e Derrame dos Estados Unidos, espasmos infantis começam a ocorrer no primeiro ano de vida da pessoa e são um tipo raro de convulsão. Esta condição é muito difícil de diagnosticar uma vez que começa com movimentos sutis, mas repetitivos, como virar a cintura, mexer a cabeça e estender os membros, tudo isso feito de forma repetitiva.

O fato de Belen ter reparado logo nos espasmos da filha e ter agido rapidamente, levando-a para o hospital, foi crucial para o bem-estar da pequena. Isto porque quando não diagnosticado e tratado logo, os espasmos infantis podem ter repercussões graves, como danos cerebrais permanentes. “Quando diagnosticado cedo, as perspectivas para a criança são positivas e é justamente por isso que eu acho um absurdo não se falar muito sobre os espasmos infantis”, explicou Belen ao jornal britânico Mirror.

Belen também disse que o fato de ela ter filmado os movimentos da filha ajudou muito no diagnóstico. “Fazer esse vídeo significou que os médicos puderam ver o que tinha ocorrido com minha bebê, não ficou apenas no meu relato. Os sintomas são repentinos e você pode facilmente acabar não vendo”, observa Belen.

Agora, Bella está realizando o tratamento contra os espasmos com esteroides e apesar de não haver certeza sobre se ela ficará completamente bem ou não, suas chances são as melhores porque sua mãe agiu rapidamente.

Algumas horas após estar hospitalizada, a pequena Bella fez os movimentos novamente e Belen os filmou de novo. Ela decidiu divulgar este vídeo para que outros pais também saibam reconhecer os espasmos infantis. A seguir, confira o vídeo de Bella tendo os espasmos:

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários