Marcas de nascença no bebê: saiba tudo sobre

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Conheça quais os principais tipos de marcas de nascença e como cada uma delas evolui

É normal os recém-nascidos terem marcas de nascença. Essas marcas de nascença nos bebês podem ser manchas ou nervos, conhecidos popularmente como pintas. Saiba um pouco mais sobre cada um deles:

Pintas

Cadastre-se

“As pintas correspondem a ‘ninhos’ de células no interior da pele, cujo interior pode ter pigmento ou não”, explica a dermatologista Christiana Blatter, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

As pintas permanecem a vida inteira e normalmente não são preocupantes. Contudo, em alguns casos há riscos. “Quando estes ninhos estiverem entre a derme e a epiderme, são chamados de nevos juncionais e há tendência de ficarem malignos”, observa Christina Blatter.

Manchas

As manchas de nascença se dividem em vascular e pigmentar. As vasculares ocorrem devido ao acúmulo de vasos sanguíneo sob a superfície da pele e podem ser cor-de-rosa, salmão, vermelho ou arroxeado, isto irá depender da profundidade dos vasos.

As manchas róseas, vermelhas ou salmão são as mais comuns e dificilmente persistem até a vida adulta, elas não requerem cuidados médicos. Algumas manchas têm a cor vinho. “Essa mancha é conhecida como ‘mancha em vinho do porto’ e o exemplo mais típico é a mancha do ex-presidente da Rússia, Mikhail Gorbachev. Estas só pioram com o tempo e aí temos que fazer um tratamento muito rápido com um aparelho conhecido como dye laser, sendo necessárias no mínimo 8 sessões”, explica Christina Blatter.

Já as manchas pigmentares ocorrem devido ao desenvolvimento anormal de células da pigmentação e podem ser marrons, cinzas, azuladas ou pretas. Essas manchas tendem a clarear com o tempo, contudo algumas com coloração café-com-leite podem ficar mais escuras quando a criança é exposta ao sol.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários