Morte súbita dos bebês: pesquisa aponta principais atitudes que evitam

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja as principais atitudes que contribuíram para a redução da morte súbita em bebês nas últimas décadas

Uma análise de 30 anos realizada pelo Boston Children’s Hospital and Dana-Farber Cancer Institute e publicada na revista científica Pediatrics apontou as principais atitudes que contribuíram para a redução da morte súbita infantil nas últimas décadas no Estados Unidos. Apesar da pesquisa ser americana, ela mostra as atitudes mais importantes que contribuem para a redução da morte súbita infantil.

Nos últimos 30 anos, a pesquisa observou que houve uma redução de 71% nos casos de morte súbita infantil nos Estados Unidos. De acordo com os pesquisadores, um dos principais fatores responsáveis pela redução na morte súbita infantil foi o ato de colocar o bebê para dormir com a barriga para cima. Saiba mais sobre isto aqui.

Cadastre-se

Outro fator que contribuiu para esta redução da morte súbita é fazer corretamente o pré-natal e também os acompanhamentos no pediatra.  Para as mulheres fumantes, deixar de fumar durante a gestação também é essencial para prevenir a morte súbita em bebês.

Ainda segundo o estudo, o aumento da amamentação que ocorreu no país nas últimas décadas também foi um fator importante para a redução da morte súbita. Por fim, uma atitude que também contribuiu consideravelmente para a redução da morte súbita infantil nos Estados Unidos foi o aumento no uso de esteroides para reduzir problemas respiratórios, algo essencial para muitos bebês prematuros, que correm maior risco de sofrer a morte súbita infantil. Saiba mais sobre morte súbita aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários