Vermífugos nos bebês e crianças: cuidados ao ingerir

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Saiba quando os pequenos podem ingerir os vermífugos e quais os cuidados ao oferecê-los

Dar vermífugo para o bebê ou não? Esta dúvida é comum entre os pais. E não é à toa, os vermífugos são importantes para a saúde de crianças com alguns problemas de saúde. “Os vermífugos vão tratar vermes intestinais e isto pode provocar melhora de ganho de peso e crescimento quando a criança apresenta distúrbios nutricionais provocados por parasitose intestinal”, explica José Gabel, secretário do Departamento de Pediatria Ambulatorial e Cuidados Primários da Sociedade de Pediatria de São Paulo.

Porém, saiba que é preciso ter alguns cuidados antes de dar o vermífugo para o pequeno. “Ele só pode ser oferecido após prescrição médica e isto vale tanto para dosagem quanto número de dias”, ressalta Gabel.

Cadastre-se

Não há uma idade correta para dar vermífugos para as crianças e bebês, isto depende da decisão do pediatra. Também é importante conversar com seu médico sobre a frequência com que os vermífugos devem ser utilizados.

Há uma orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a frequência. “A OMS recomenda tratamento anual em áreas onde a prevalência de parasitoses intestinais estejam entre 20 a 50% e tratamento a cada seis meses em áreas onde a prevalência chega a mais de 50%”, constata Gabel.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários