Xixi do bebê: sinais de que está saudável

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja quais as cores e frequência normais do xixi do bebê e quais os sinais de problemas

O xixi pode dizer muito sobre a saúde do seu bebê.  A seguir, veja quais são as frequências e cores normais do xixi do bebê e quais indicam problemas de saúde. E veja como prevenir a infecção urinária no seu bebê:

Frequência do xixi

Cadastre-se

A frequência com que o bebê faz xixi diz muito sobre a saúde dele. É esperado que o pequeno molhe entre 6 e 8 fraldas por dia. “Esse fator indica que o bebê obtém suficiente leite materno ou leite artificial. O aumento do peso confirma essa hipótese”, diz a pediatra Fabíola Peixoto La Torre do Hospital Leforte.

Quando o bebê faz menos xixi do que o esperado é importante entrar em contato com o pediatra. Isto porque pode significar que o bebê está desidratado e não ingere líquido suficiente. “Se estiver ingerindo líquidos suficiente, mas não estiver urinando o suficiente, pode indicar algum problema renal, como obstrução da urina”, observa Fabíola La Torre.

Caso o bebê faça muito mais xixi do que a quantidade de líquidos que ele ingere também é preocupante. “Isto porque será considerada poliúria, excesso de diurese, e nesse caso devem ser investigadas doenças como diabetes”, afirma Fabíola La Torre.

Cores da urina

Em condições normais, a coloração do xixi varia de um amarelo clarinho, quase transparente, até o amarelo-escuro. “Esse tom amarelado vem de três pigmentos sanguíneos, o urocromo, a bilirrubina e a creatinina, que são filtrados pelo rim enquanto a urina é produzida. Quanto mais água ingerimos, mais diluímos esses pigmentos e, consequentemente, mais claro fica o xixi. Por isso, urina clara é quase sempre sinal de que estamos bem hidratados”, explica Fabíola La Torre.

Quando a coloração da urina é um amarelo muito forte e que persiste por muito tempo é possível que haja outro problema além da desidratação. “Um deles é a hepatite”, conta Fabíola La Torre. A urina vermelha ou rosa também requer atenção especial. Saiba que alguns medicamentos, como o antibiótico usado para tratar tuberculose, também podem tornar a urina vermelha. A urina escura pode ser sinal de infecção no trato urinário e cálculo renal.

Caso o bebê apresente uma dessas cores preocupantes na urina é importante entrar em contato com o pediatra.

Dicas para prevenir a infecção urinária nos bebês

Quando o bebê está usando fraldas é essencial trocar frequentemente para prevenir a infecção urinária, assim que o bebê fizer xixi ou cocô, ou de três em três horas caso não tenha feito nada. “A limpeza deve ser feita invariavelmente da frente para a trás (da vagina ou pênis para o bumbum), tanto nos que ainda não desfraldaram quanto nos que já usam o vaso sanitário”, orienta Fabíola La Torre.

Caso seu bebê já esteja desfraldado é importante estimulá-lo a ir ao banheiro pelo menos de três em três horas. “O acúmulo de urina na bexiga por longos períodos é um prato cheio para as bactérias. Por isso, cheque se o seu filho está relaxado e bem posicionado sobre o vaso sanitário, para que elimine todo o xixi. Um apoio para os pés é bem-vindo para aumentar o conforto”, explica Fabíola La Torre.

Saiba quais os sinais do cocô saudável do bebê aqui. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários