Enjoos na gravidez diminuem risco de aborto espontâneo

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

De acordo com estudo, enjoos na gravidez reduzem risco de aborto espontâneo em até 75%

Uma nova pesquisa publicada na revista científica da Associação Americana de Medicina descobriu que mulheres que enjoam durante a gestação tem menos chances de sofrer um aborto espontâneo.

De acordo com os pesquisadores, ainda não se sabe exatamente as causas dos enjoos e vômitos na gravidez, porém, já se descobriu que eles ajudam a proteger a gestante contra toxinas e doenças presentes em algumas comidas e bebidas. “Sempre houve a crença na área da saúde de que os enjoos na gestação eram sinal de uma gravidez saudável, mas não haviam muitas provas científicas, agora temos. Nosso estudo avaliou os sintomas das primeiras semanas de gestação e confirmou que há uma relação entre sentir enjoos e vomitar na gestação e o menor risco de aborto espontâneo”, disse a autora do estudo e pós-doutora Stefanie N. Hinkle.

Cadastre-se

O estudo contou com a participação de 797 mulheres e os pesquisadores puderam observar que aquelas que apresentaram enjoos e vomitaram durante a gestação tiveram de 50 a 75% menos chances de sofrer um aborto espontâneo quando comparado com as mulheres que não enjoaram na gestação.

Saiba como aliviar os enjoos da gestação aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários