Dor no recém-nascido: como os pais podem aliviar

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Algumas atitudes simples dos pais ajudam a reduzir a dor do recém-nascido durante procedimentos médicos

O recém-nascido passa por uma série de procedimentos dolorosos nos seus primeiros dias de vida, como tomar as vacinas BCG e contra a Hepatite B, fazer o teste do pezinho, tomar a injeção da vitamina K, entre outros. Além disso, há outros procedimentos que são feitos no recém-nascido, causam dor e problemas de saúde e são completamente desnecessários, saiba mais sobre eles aqui.

Sentir muita dor quando ainda se é recém-nascido pode causar problemas emocionais, prejudicar o desenvolvimento e a maneira como a pessoa irá lidar com o estresse. Por isso, a médica Claire McCarthy da Universidade de Harvard, Estados Unidos, apontou algumas atitudes dos pais que são capazes de aliviar, e muito, a dor do recém-nascido durante esses procedimentos médicos. Estes cuidados são especialmente benéficos para bebês que nasceram prematuros ou com algum problema e que por isso necessitam de mais procedimentos médicos. Confira os cuidados:

Cadastre-se

Um cuidado muito simples e muito benéfico é segurar o bebê durante o procedimento, como a hora que ele for tomar vacina. Você pode segurá-lo bem grudadinho ao seu corpo e deixar os bracinhos do pequeno cruzado.

Além disso, a mãe também pode amamentar o bebê durante um desses procedimentos incômodos. Se não for possível segurar o bebê durante o procedimento, falar com ele calmamente e acariciar sua cabecinha e costas também vai ajudar a aliviar a dor.

Outra boa forma de aliviar a dor do recém-nascido é dar a ele um pouco de solução de sacarose ou açúcar mesmo cerca de dois minutos antes de procedimento. As pesquisas indicam que este sabor doce na boca age como um anestésico natural.

É importante que antes do bebê realizar qualquer procedimento, os pais conversem com o médico ou enfermeiro para entender como ele será realizado e sua importância para o bebê. Assim os pais sentirão mais seguros e poderão transmitir esta segurança ao bebê.

Veja como reduzir a dor do bebê ao tomar vacina aqui.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários