Médicos querem que pais parem de usar o protetor de berço

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

Estudo alerta que os protetores de berço estão causando a morte súbita de bebês

Uma pesquisa da Universidade de Washington e publicada na revista científica Pediatrics defende que o protetor de berço deixe de ser usado em todos os berços. Isto porque ao analisar os casos de morte súbita de bebês no berço nos Estados Unidos, os pesquisadores descobriram que a grande maioria dos casos ocorria devido ao protetor de berço, e não ao travesseiro, bichinho de pelúcia, cobertor ou outros objetos que poderiam estar no berço. O estudo também aponta que o número de casos de morte súbita em decorrência do protetor de berço só vem aumentando nos Estados Unidos.
O protetor de berço pode levar a morte de bebês por sufocamento ou até por acidentes que podem levar ao estrangulamento. “Quando o nariz e/ou a boca do bebê é coberta pelo protetor de berço a entrada de ar é interrompida e o bebê pode morrer. Estudamos 48 casos de bebês que morreram em seus berços e entre esses casos, 32 poderiam ter sido evitados se o protetor de berço não estivesse presente. Os protetores de berço estão matando bebês!”, alerta o pediatra Bradley T. Thach, professor de pediatria da Universidade de Washington.

Os protetores de berço foram criados com o objetivo de evitar que os bebês passassem o pezinho ou mãozinha pelas grades dos berços. Porém, hoje em dia o Inmetro determina que o espaço entre as grades não pode ser maior do que 6 cm, justamente com o objetivo de evitar que o bebê passe os braços ou perninhas entre as grades. Por isso, os protetores não são mais necessários.

Cadastre-se

É importante deixar claro que a orientação da Academia Americana de Pediatria é que no berço não tenha protetores de berço, travesseiros, brinquedos, cobertores ou qualquer outro objeto. O ideal é que no berço tenha o bebê e o um colchão firme. Caso esteja frio e o cobertor seja necessário, saiba que você deve deixa-lo preso embaixo do colchão e cobrir o bebê até a altura do peito, deixando os bracinhos para fora. Mas se for possível aquecer o bebê colocando mais uma camada de roupas ao invés do cobertor, é melhor.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários